MSRepórter - Notícias de Campo Grande-MS
18/11/2017
15 de abril de 2016 às 14h24 | Saúde

Unidade móvel percorre aldeias e ajuda no combate à violência contra mulheres

Os técnicos farão atendimento e distribuição de material impresso na Caravana da Saúde

Por: NotíciasMS
NotíciasMS

A unidade móvel para atendimento às mulheres do campo – que inclui indígenas, rurais e assentadas – da subsecretaria de Políticas Públicas para Mulheres, pasta ligada à Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho (Sedhast) atendeu ontem (14) na aldeia Pananambizinho, no Centro de Referência de Assistência Social (Cras) Vila Vargas, em Dourados.

A Unidade Móvel funciona como uma base itinerante de enfrentamento a violência contra as mulheres e tem como objetivo realizar serviços de acolhimento, acesso a direitos, assistência psicossocial e jurídica, palestras, campanhas preventivas, informações sobre a Lei Maria da Penha, Lei do Feminicídio e recebimento de denúncias.

As técnicas Ana Cláudia Ledesma e Elis Lima, da Subsecretaria de Políticas para Mulheres  acompanham a viagem, realizando Rodas de Conversa sobre “Enfrentamento à Violência contra Mulheres e Meninas, Lei Maria da Penha e Lei do Feminicídio”.

A organização das atividades está sendo feita pela Coordenadoria da Mulher de Dourados, pasta vinculada à Secretaria Municipal de Assistência Social e envolve os seguintes parceiros locais: Delegacia de Atendimento à Mulher, Centro de Atendimento à Mulher “CAM Viva Mulher”, Ministério Público, Defensoria Pública e OAB.

Caravana da Saúde

A unidade já percorreu as aldeias Jaguapiru, Bororó e está a partir de hoje (15), no parque da Caravana da Saúde, prestando serviços de informação e orientação, com atendimento e distribuição de material impresso. Nesta sexta-feira (15) e sábado (16) haverá uma palestra especial sobre o tema para acadêmicos do Programa Vale Universidade em dois horários (10h e 15h30).

Comente esta Noticia
Notícias Relacionadas