MSRepórter - Notícias de Campo Grande-MS
28/05/2017
05 de abril de 2017 às 12h27 | Saúde

Vacinação contra H1N1 terá novo sistema de controle na Capital

O processo de vacinação começa no dia 18 de abril

Por: PMCG
Divulgação/PMCG

A Prefeitura de Campo Grande, por meio da Agência Municipal de Tecnologia da Informação e Inovação (Agetec), está trabalhando para aprimorar o Sistema de Controle de Vacinação contra a Influenza (gripe H1N1).

O plano de ação, realizado em parceria com a Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde (Sesau), tem como objetivo o registro completo das doses aplicadas, bem como a emissão de relatórios com maior agilidade.

“A Secretaria de Saúde precisa apresentar as estratégias que serão adotadas durante o período de campanha e por isso procuramos a Agetec, pois é por meio do uso da tecnologia que teremos o controle e resultados confiáveis”, explicou a superintendente da Vigilância em Saúde, Eliana Dalla Nora Franco.

Para o Diretor de Projetos em Tecnologia da Informação, Luis César Ribeiro, os Sistemas de Informação e Controle (Higya e Ágora), quando bem operados pelos profissionais de saúde, serão um grande instrumento de decisões estratégicas para a Sesau.

O objetivo desta melhoria no controle é para evitar problemas como o ocorrido no ano passado, onde doses da vacina teriam supostamente sumido, o que, inclusive, motivou a abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) pela Câmara Municipal.

A vacinação nas unidades de saúde deve respeitar um escalonamento orientado pela Secretaria de Estado de Saúde, que terão as seguintes datas e público a ser imunizado:

Do dia 18 a 22 de abril serão vacinados profissionais da saúde e crianças de seis meses a dois anos (1 ano, 11 meses e 29 dias). Entre os dias 24 e 29 de maio estão vacinadas gestantes, puérperas e crianças de dois a cinco anos (4 anos,11 meses e 29 dias).

Já entre os dias 2 e 12 de maio será a vez dos idosos, povos indígenas, adolescentes de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional; portadores de doença crônica não transmissível e outras condições clínicas especiais (conforme indicação do Ministério da Saúde), além de professores que atuam no ensino regular (público e privado) e os professores do ensino superior.

Além das 65 UBFS, a vacinação será feita em um trailer instalado na Praça Ary Coelho entre os dias 8 a 20 de maio (exceto no dia 07). A campanha nacional de vacinação contra gripe, o “Dia D”, tem data prevista para o dia 13 de maio.

Comente esta Noticia
Notícias Relacionadas