Menu
Busca segunda, 15 de julho de 2024

A inflação e a deflação dos presentes das mamães, segundo a FGV

04 maio 2011 - 15h59


Um levantamento feito pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) aponta que, na média, os produtos e serviços relacionados ao Dia das Mães registram inflação de 5,93% nos últimos 12 meses, ante 6,05% do IPC-FGV, que mede a evolução de todos os preços ao consumidor.


Na cesta de 22 itens pesquisados pela instituição, há grandes variações para cima e para baixo. O televisor, por exemplo, tem deflação de 11,68% entre maio de 2010 e abril deste ano. Outro produto que ficou mais barato é o aparelho celular (-9,53%), assim como a máquina de lavar roupa (-4,33%).


Por outro lado, o relógio está 12,20% mais caro que no Dia das Mães do ano passado, enquanto os calçados femininos registram alta de 6,02%.


O almoço com a mamãe no próximo domingo (7) também não deve sair barato, já que as refeições em restaurantes estão com inflação de 9,94%.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Temperaturas permanecem amenas e quinta-feira tem probabilidade de chuva fraca a moderada
Julho das Pretas: governos de MS e Federal debatem ações afirmativas e promoção da igualdade racial
Saúde realiza monitoramento das estratégias de vacinação para pólio e sarampo em MS
Investimento na agricultura familiar sobe 130% em edital de extensão da Fundect