Menu
Busca domingo, 14 de julho de 2024

Com peso do favoritismo, São Paulo busca vaga contra o Avaí

12 maio 2011 - 19h57

O São Paulo desponta como um dos favoritos ao título da Copa do Brasil. Mas o peso de estar em evidência deixa o time em alerta. Apesar da vantagem na disputa das quartas de final da competição, o Tricolor promete não diminuir o ritmo para o segundo confronto diante do Avaí, nesta quinta-feira, às 2h50 (de MS), no estádio da Ressacada.


No próprio elenco são-paulino há quem assuma publicamente o discurso de favorito contra os catarinenses. "Somos favoritos sim, mas temos total consciência de que será um jogo bem difícil. O Avaí veio ao Morumbi e fez seu papel muito bem. O segundo jogo vai ser até mais difícil e, se dermos bobeira, vamos ser desclassificados. Não podemos dar brecha e nem tomar gol", avalia o volante Casemiro.


Depois da vitória por 1 a 0 sobre o adversário no Morumbi, o São Paulo tem a vantagem de se classificar com um empate em Florianópolis. O time de Paulo César Carpegiani também pode avançar se perder por um gol de diferença, desde que balance as redes.


Mesmo assim, ninguém fala no São Paulo sobre a hipótese de jogar para se defender na Ressacada. A ordem no clube é buscar o ataque, para evitar também que o adversário se sinta confortável para avançar.


"Nossa equipe não vai lá para esperar ninguém. O empate nos favorece, mas não temos a intenção de ir lá para nos defender. Isso não passa pela cabeça dos jogadores e nem do Carpegiani. Nós buscamos nosso resultado dentro e fora de casa com a mesma postura", afirmou o zagueiro Xandão, que será mantido na equipe.


O desfalque para a zaga é Miranda, que não se recuperou de uma entorse no tornozelo esquerdo. Por outro lado, Rhodolfo está de volta ao time depois de se recuperar de problema muscular na panturrilha direita.


Outra boa notícia é o retorno do meia Lucas, que esteve fora da equipe por cinco partidas - uma por suspensão e quatro por lesão muscular na coxa direita. O garoto assume a vaga de Ilsinho. Para completar o ataque, Fernandinho também foi liberado pelos médicos e desbanca Marlos.


Do outro lado, o Avaí luta para sobreviver na competição, mas segue com desfalques para o jogo. Marquinhos e Rafael Coelho ainda cumprem suspensão imposta pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva. Já o zagueiro Bruno conseguiu um efeito suspensivo para atuar.


Com isso, Emerson Nunes e Revson disputam apenas uma vaga na zaga. Já o atacante Evando ainda pode ganhar a posição de Robinho, na tentativa de deixar a equipe mais ofensiva.


Helton Verão/GE.net

Deixe seu Comentário

Leia Também

Temperaturas permanecem amenas e quinta-feira tem probabilidade de chuva fraca a moderada
Julho das Pretas: governos de MS e Federal debatem ações afirmativas e promoção da igualdade racial
Saúde realiza monitoramento das estratégias de vacinação para pólio e sarampo em MS
Investimento na agricultura familiar sobe 130% em edital de extensão da Fundect