Menu
Busca terça, 25 de junho de 2024

Ministro do Esporte defende meia-entrada para idosos na Copa

28 janeiro 2012 - 12h36

O ministro do Esporte, Aldo Rebelo, disse hoje, após visitar as obras do Estádio Nacional Brasília, em companhia do governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz, esperar que o Estatuto do Idoso seja respeitado no projeto da Lei Geral da Copa, que tramita no Congresso Nacional.

O projeto ainda não foi votado no plenário da Câmara. O parecer foi elaborado pelo deputado Vicente Cândido (PT-SP) e contém pontos polêmicos, que impediram a aprovação do texto em dezembro, antes do recesso parlamentar.

O ministro Aldo Rebelo esperar que a Câmara aprove o projeto em fevereiro ou, mais tardar, em março, para cumprir um dos compromisso assumidos pelo então presidente Lula com a Federação Internacional de Futebol (Fifa), em 2007, quando o Brasil foi escolhido país-sede da Copa de 2014.

Uma das questões polêmicas a respeito do projeto é justamente o direito à meia-entrada para quem tem mais de 60 anos de idade, conforme determina o Estatuto do Idoso, uma lei federal, para todos os eventos esportivos e culturais realizados no país.

Na segunda-feira (30), o ministro do Esporte viaja para São Paulo, onde conhecerá as obras da Arena de Itaquera, futuro estádio do Corinthians, que sediará os jogos da Copa na capital paulista. Na quarta-feira (1º), Aldo Rebelo vai a Cuiabá para visitar as obras da Arena Pantanal.


Helton Verão/Fonte:Agência Brasil

Deixe seu Comentário

Leia Também

Lei: Semana de Conscientização sobre a Cardiopatia Congênita é instituída em MS
Semana começa com Funtrab oferecendo 4,4 mil vagas de emprego em todo o Mato Grosso do Sul
Em projeto para "60+" apoiado pelo Governo de MS,
Bombeiros combatem incêndios florestais perto da Estrada Parque e em Porto Murtinho