Menu
Busca domingo, 19 de maio de 2024

Agricultura brasileira cresce e lidera ranking

30 julho 2014 - 21h32Por Mariana Rodrigues/Informações MAPA

 O Brasil está hoje entre os líderes mundiais na produção e exportação de diversos produtos agropecuários. É o país que mais exporta café, açúcar, etanol de cana-de-açúcar e suco de laranja. Lidera o ranking de vendas externas do complexo soja, em que se inclui farelo, óleo e grão. O fato confirma a modernidade, a competitividade e a eficiência do Brasil em relação ao agronegócio.

Entretanto, nada disso seria possível se não fosse pelo empenho do agricultor brasileiro, que contribui diretamente para o crescimento econômico do País.

Justamente por este motivo, em 1960, o então presidente Juscelino Kubitschek instituiu, por meio de decreto, o dia 28 de julho como o Dia Nacional do Agricultor, data quando também se comemora o aniversário do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

O agricultor é o trabalhador que utiliza os recursos naturais como a água e o solo para produzir grãos, frutos, verduras, com maquinários e equipamentos específicos cada vez mais tecnológicos para isso.

O advento da agricultura de forma sustentável se deve à consciência ambiental que os agricultores adquiriram nos últimos anos, aplicando nas lavouras técnicas de produção como o plantio direto, a integração Lavoura-Pecuária-Floresta, a recuperação de áreas degradadas, a conservação do solo e da água, que aumentam a produtividade e a renda do produtor rural e ainda ajudam na preservação do meio ambiente.

A Produção Integrada (PI Brasil), ainda pouco conhecida por agricultores e consumidores, mas que já tem adeptos colhendo resultados, traz diversos benefícios como a adequação de sistemas produtivos para a geração de alimentos e outros produtos agropecuários de alta qualidade e seguros, mediante a aplicação de recursos naturais e regulação de mecanismos para a substituição de insumos poluentes, garantindo a sustentabilidade e viabilizando a rastreabilidade da produção agropecuária.

E não para por ai. A agricultura orgânica, que dispensa 100% dos agrotóxicos, adubos químicos ou substâncias sintéticas, promove qualidade de vida com proteção ao meio ambiente.

O processo produtivo contempla o uso responsável do solo, da água, do ar e dos demais recursos naturais, respeitando as relações sociais e culturais. O Brasil já ocupa posição de destaque na produção mundial de orgânicos.

Por causa de todos esses avanços, no Dia do Agricultor, eles têm muito que comemorar, a começar pela garantia de que os próximos agricultores também terão a chance de cultivar a terra, produzindo alimentos saudáveis para as futuras gerações.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Summit Brazil-USA: Mato Grosso do Sul destaca política agroambiental e programa Carbono Neutro
Governo de MS envia insumos e equipe especializada para auxiliar no resgate de animais no RS
Operação Cosud: 333 pessoas presas e 3 toneladas de drogas apreendidas em MS
Avistar Brasil: MS participa do maior evento de observação de aves da América Latina