Menu
Busca sexta, 19 de julho de 2024

Professores da Capital aderem ao manifesto

11 maio 2011 - 12h18


Com o slogan  “A Educação Quer Mais”, os profissionais em Educação de todo o Brasil farão paralisação nesta quarta-feira, 11 de maio. Em Campo Grande, faixas e camisetas padronizadas fazem a concentração está sendo na Associação Campo-Grandense dos Profissionais da Educação Pública (ACP), na Rua 7 de Setembro.

Agora pela manhã, os profissionais seguem até a Praça Ari Coelho, onde serão distribuídos informativos. Segundo o secretário geral da ACP, Vilson Guedes, os motivos do manifesto são: Defesa de Escola Pública de Qualidade; Piso Salarial para todos e alteração do Estatuto da Educação (Lei Complementar nº 087).

A assessoria da prefeitura da Capital informou que das 92 escolas municipais, 47 aderiram totalmente a paralização, quatro parcialmente, 40 tiveram aula normal e uma escola rural não conseguiram entrar em contato. 


As escolas que participaram da paralisação, seja total ou parcialmente, terão que repor as aulas para que os alunos não saiam prejudicados.


Atualizada às 10h25.


Karla Lyara

Deixe seu Comentário

Leia Também

Quer modificar o veículo? CTB prevê que customizações sejam autorizadas pelo Detran
Sala de acomodação sensorial garante espaço reservado para autistas no Bioparque Pantanal
Resiliência: Pantanal Sul-mato-grossense se revela um gigante cheio de vida
Parceria entre governos federal e de MS