Menu
Busca domingo, 14 de julho de 2024

JPL3 alega que ainda não recebeu notificação do Procon/MS

04 maio 2011 - 14h38


Alguns consumidores que compraram ingressos para área vip do show de Luan Santana, realizado no dia 23 de abril estão frustrados e procuraram o Procon/MS. A reclamação deles é que, em determinado momento do show, uma das grades que separavam a área vip do público comum rompeu, deixando um ambiente único. Os shows da Expogrande 2011 foram organizados pela empresa JPL3 Produções.

Na tarde de ontem (3), a empresa compareceu a sede do Procon para uma reunião informal sobre o acontecido, mas anunciou que não fará a devolução referente à metade do valor, conforme previa acordo anterior. Alguns consumidores reafirmaram que vão continuar a cobrança pelo ressarcimento do ingresso.


O coordenador do Procon, Alexandre Rezende, afirmou que 246 pessoas foram ao órgão para reivindicar o reembolso. Agora, o Procon vai notificar a empresa, com multa de R$ 1 mil por pulseira e os valores finais podem chegar a R$ 300 mil.



 A partir desta notificação, a JPL3 tem prazo de 10 dias para recorrer. O Procon também vai encaminhar a questão para o Ministério Público e para a Delegacia do Consumidor. O órgão informa que as pessoas que não recorreram ainda podem reivindicar a devolução da taxa.


Outro Lado

O MSREPÓRTER entrou em contato com a empresa JPL3 e segundo o advogado, Fábio de Melo Ferraz, eles ainda não receberam nenhuma notificação do Procon. Segundo ele, estão aguardando para tomar as medidas cabíveis e fazer a defesa.

Ferraz explicou que o que aconteceu na verdade é que o show estava muito cheio e em determinado momento uma das barras de separação entre área vip e pista, se rompeu. Mas o advogado alega que não ouve invasão. “Na hora que a barra caiu umas 10, 15 pessoas passaram para área vip, mas em seguida já foram retiradas pelos seguranças”, contou.  


 


Karla Lyara

Deixe seu Comentário

Leia Também

Temperaturas permanecem amenas e quinta-feira tem probabilidade de chuva fraca a moderada
Julho das Pretas: governos de MS e Federal debatem ações afirmativas e promoção da igualdade racial
Saúde realiza monitoramento das estratégias de vacinação para pólio e sarampo em MS
Investimento na agricultura familiar sobe 130% em edital de extensão da Fundect