Menu
Busca domingo, 19 de maio de 2024

Termina hoje inscrição para oficina gratuita de teatro no Centro Cultural

05 agosto 2014 - 12h17Por Mariana Rodrigues/Informações Notícias MS

 A Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul, através do Programa Educativo do Centro Cultural José Octávio Guizzo, está com inscrições abertas para a Oficina Teatral de Criação e Montagem, ministrada pelo ator e diretor Leandro Faria. O curso é gratuito e voltado para pessoas a partir de 15 anos. As aulas acontecem aos sábados, das 14 às 17 horas.

Os interessados devem enviar currículo, foto e carta de intenção (informal) até às 18 horas de hoje (5) para o e-mail [email protected]. Serão escolhidos 50 pré-selecionados para uma aula de avaliação no dia 9 de agosto (sábado) que definirá os 30 alunos que cursarão a oficina até dezembro, quando apresentarão publicamente uma peça teatral criada durante as aulas.

“A cada turma é escolhido o tema que será trabalhado na montagem do espetáculo de encerramento. O foco é desenvolver o potencial criativo desses futuros atores e atrizes que participam das aulas”, explica Leandro Faria, diretor da oficina.

Diferentes temas já foram trabalhados na oficina, segundo Faria. O amor, a loucura, as várias faces da ignorância, a fé e a violência urbana, sempre com sucessos de público. “Meu interesse sempre é propor reflexões sobre nós mesmos e como vivemos, para evoluir o artista e o cidadão em cada aluno”, analisa o diretor.

Leandro Faria tem 36 anos e é natural de Paranaíba. Estudou direção teatral na ECA-USP, em São Paulo, de 1996 a 1998 e interpretação na EAD-ECA-USP, também na capital paulista, de 1999 a 2003. Trabalhou com os principais diretores do teatro brasileiro, como Antonio Araújo, Regina Galdino, Marco Antonio Brás, Rubens Ruche e outros.

Como ator atuou na premiada montagem de O Rei Lear, ao lado de Raul Cortês; Gota D’Água, de Chico Buarque e Paulo Pontes; O Processo, de Franz Kafka; Senhora dos Afogados, de Nelson Rodrigues; Baile de Debutantes, de José E. Vendramini; Fica Comigo Essa Noite, de Flávio de Souza; As Cadeiras, de E. Ionesco. Participou da novela A Pequena Travessa, no SBT e diretor do grupo de teatro Six a Sèc no espetáculo A Cantora Careca, de E. Ionesco, finalista no Premio Criação Teatral Volkswagen.

Há cinco anos em Campo Grande, atua como professor de teatro no Cedeg-Apae da Capital. Ministra desde 2010 a Oficina Teatral de Criação e Montagem, no Centro Cultural José Octávio Guizzo, em que escreveu e dirigiu “O Ensaio da Loucura”, “20 e Poucos Heróis...”, “O Santo Milagreiro”, “Salve-se Quem Puder”, “Os Amadores” e “Olimpíadas”; Também montou um dos textos clássicos de W. Shakespeare, “Romeu e Julieta”.

Também é diretor e ator no espetáculo “A Sogra”, adaptação de Marcio Veiga para a obra de Aluísio de Azevedo. Fundador da Cia. Teatro Dois, que apresenta a peça de teatro “Inocência”. É mestre de cerimônias há dois anos do Sarau no Centro Cultural.

            Serviço

Outras informações podem ser obtidas no Centro Cultural José Octávio Guizzo, que fica localizado na rua 26 de Agosto, 453, ou pelo telefone 9233-2263 com Leandro Faria.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Summit Brazil-USA: Mato Grosso do Sul destaca política agroambiental e programa Carbono Neutro
Governo de MS envia insumos e equipe especializada para auxiliar no resgate de animais no RS
Operação Cosud: 333 pessoas presas e 3 toneladas de drogas apreendidas em MS
Avistar Brasil: MS participa do maior evento de observação de aves da América Latina