Menu
Busca domingo, 14 de julho de 2024

Famasul esclarece Sindicatos e Contadores sobre ajuste do rebanho

13 maio 2011 - 18h04

Desde cedo acontece no auditório da Casa Rural o XII Encontro Estadual de Contabilidade Rural de Mato Grosso do Sul. O evento é voltado a contabilistas, empresários rurais e acadêmicos, e vai até o fim da tarde de hoje (13). Promovido pelo sistema Famasul/Senar e pelo Conselho Regional de Contabilidade (CRC/MS), o encontro traz temas vinculados ao desenvolvimento da atividade rural, entre os quais a declaração da vacinação contra febre aftosa e o ajuste do rebanho. Ontem, a mesma mobilização reuniu representantes de Sindicatos Rurais de todo Estado.


A programação desta sexta-feira iniciou com a palestra “Contabilidade de Custos na Atividade Rural”, ministrada pelo contador João Alfredo de Souza Ramos. Logo em seguida a contadora Adriana Marques Dias proferiu a palestra “O Impacto da Contabilidade na Gestão Rural”.


No período da tarde, das 14h às 17h30, será apresentado pelo contador Ricardo Velloso e pelo advogado Carlo Daniel Coldibelli o painel “A Opção pela Pessoa Jurídica e Sucessão Familiar no Meio Rural”. Ricardo Velloso é consultor tributário e empresarial, mestre em economia e pós-graduado em finanças e controladoria. Carlo Daniel Coldibelli é advogado atuante nas áreas tributária, cível, fundiária e ambiental. Foi assessor jurídico da Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Mato Grosso do Sul (Agepan) e atualmente é assessor jurídico da Famasul. 


Ainda durante a programação os participantes serão instruídos sobre os procedimentos necessários em relação ao ajuste do rebanho, instituído pela Agência Sanitária Animal e Vegetal (Iagro) e pela Secretaria da Fazenda (Sefaz). Conforme o decreto estadual nº 13.150, de 14 de abril de 2011, após a vacinação e contagem do rebanho, será obrigatória a apresentação da Declaração de Estoque efetivo de Animais Bovinos e Bubalinos existentes no estabelecimento na data da vacinação


Para preencher a declaração o produtor deverá acessar a internet no endereço www.fazenda.ms.gov.br e imprimir duas vias, assinar, reconhecer firma e entregar juntamente com o comprovante de vacinação (CT-13) em qualquer AGENFA. A medida tem objetivo de unificar as informações da Iagro e Sefaz sobre o rebanho bovino e bubalino existente em cada propriedade.


Desde ontem (12) técnicos da Famasul, Iagro, Sefaz, Seprotur, SGI estão reunidos na Casa Rural em demanda de esclarecimentos e orientações, visando melhorar o atendimento aos produtores rurais. Também acompanharam a reunião o Presidente da Famasul, Eduardo Riedel e os diretores Lizete Brito e Dácio Queiroz; e a Secretária da Seprotur, Tereza Cristina Corrêa da Costa Dias.


Helton Verão com informações da assessoria

Deixe seu Comentário

Leia Também

Temperaturas permanecem amenas e quinta-feira tem probabilidade de chuva fraca a moderada
Julho das Pretas: governos de MS e Federal debatem ações afirmativas e promoção da igualdade racial
Saúde realiza monitoramento das estratégias de vacinação para pólio e sarampo em MS
Investimento na agricultura familiar sobe 130% em edital de extensão da Fundect