Menu
Busca domingo, 26 de maio de 2024

DPVAT: Seguro obrigatório não será cobrado em 2021

01 janeiro 2021 - 10h26Por Portal do Governo de Mato Grosso do Sul
Segundo a Susep (Superintendência de Seguros Privados Empresa), a cobrança não será realizada no próximo ano pois o DPVAT tem recursos em caixa suficientes para a operação no próximo ano.

A isenção de pagamento do DPVAT não retira nenhum benefício do segurado, ou seja, tanto motorista, quanto passageiro e pedestre, continuarão recebendo a indenização em caso de acidente em todo o país.

A diretora de registro e controle de veículos do Detran-MS, Loretta Figueiredo, explica que o seguro obrigatório segue existindo, só não haverá cobrança em 2021. “Vale destacar que a decisão não é uma extinção do seguro e quem ainda não pagou o exercício de 2020 deve quitá-lo e em um eventual acidente, ter direito a indenização previstas em lei”.

Ainda conforme a Sesup, em 2020 o DPVAT passou por redução de 68% para carros, passando para R$ 5,23, e de 86% para motos, chegando a R$ 12,30. O conselho decidiu ainda que Superintendência de Seguros Privados (Susep) deverá contratar um novo operador para o DPVAT.

Do valor arrecadado pelo pagamento do seguro obrigatório, 50% são destinados ao pagamento das indenizações, 45% vão para o Ministério da Saúde (pagamento do atendimento médico de vítimas) e 5% vão para programas de prevenção de acidentes.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Ordem do Dia: Seis proposições são aprovadas pelos deputados estaduais
Saiba quais são os bairros que estão na rota do fumacê nesta quinta
Prefeitura entrega sede própria para Grupamento Especializado de Motopatrulhamento de Campo Grande
Café com os conselheiros regionais do centro acontece neste sábado (25)