Menu
Busca terça, 25 de junho de 2024

Laudo comprova que jovem estava a 76 km/h quando atropelou cinco pessoas

25 janeiro 2012 - 13h32

Inquérito deve ser finalizado nesta quinta-feira


O rapaz que atropelou cinco pessoas na Rua Brilhante, na madrugada do dia 31 de dezembro, estava a 76 quilômetros por hora. Esta é a informação constatada pelo laudo pericial da Polícia Civil concluído ontem (24). Segundo o delegado que apura o caso, Valmir Moura Fé, Rafael Freitas Silva, 18 anos, está sendo indiciado por tentativa de homicídio, por ter assumido o risco de matar as pessoas quando dirigiu bêbado e sem habilitação.


Quando os policiais civis chegaram ao local do acidente, o jovem estava dormindo dentro da viatura da Polícia Militar que havia sido acionada para atender a ocorrência. Ele confessou que tinha bebido.


Valmir Moura Fé disse ao MSREPÓRTER que está ouvindo nesta manhã de quarta-feira (25) testemunhas do acidente, e segundo ele, o inquérito deve ser finalizado amanhã.


Rafael foi indiciado por tentativa de homicídio por dolo eventual ao assumir o risco de produzir o resultado, soma da embriaguez, alta velocidade e dirigir sem habilitação.


Das cinco pessoas atropeladas, duas continuam internadas: Adrieli Hevi de Melo Vaz, 19 anos, e Vanderlei Roberto da Silva, 31 anos.


Ana Maria Assis

Deixe seu Comentário

Leia Também

Lei: Semana de Conscientização sobre a Cardiopatia Congênita é instituída em MS
Semana começa com Funtrab oferecendo 4,4 mil vagas de emprego em todo o Mato Grosso do Sul
Em projeto para "60+" apoiado pelo Governo de MS,
Bombeiros combatem incêndios florestais perto da Estrada Parque e em Porto Murtinho