Rivemat
Menu
Busca sábado, 15 de maio de 2021

ENTREVISTA: Entenda como painéis solares vão garantir energia elétrica a 5 mil no Pantanal

03 março 2021 - 13h01
O Projeto "Ilumina Pantanal", apresentado pelo Governo do Estado na manhã desta terça-feira, dia 02, levará energia elétrica, por fonte renovável, a mais de cinco mil pessoas que moram no Pantanal sul-mato-grossense.

O Secretário Jaime Verruck, da Semagro, que participou da solenidade, explicou que o projeto surgiu da obrigação legal da universalização da energia elétrica, e atenderá uma região do estado ainda desprovida. Para ele o maior projeto de energia limpa em um único bioma através de política pública.

A partir de julho, a maioria das unidades consumidoras atendidas terão instalados microssistemas individuais de geração solar fotovoltaica e armazenamento da energia excedente em baterias.

Verruck acrescenta que a projeto vai promover um salto na qualidade de vida da população de toda a região pantaneira, além de ganhos significativos para as atividades econômicas das comunidades ribeirinhas e de produtores rurais.

Atividades econômicas desenvolvidas na região também serão beneficiadas.

Todos esses investimentos virão sem custos ao consumidor, que arcará apenas com a tarifa social.

Ao todo, 2.167 unidades consumidoras serão beneficiadas pelo projeto até 2022, o que representa em torno de 5 mil habitantes, espalhados por uma área de 90 mil km², nos municípios de Corumbá, Aquidauana, Coxim, Ladário, Porto Murtinho, Rio Verde e Miranda. Desse grupo, 77 famílias já foram atendidas por rede de distribuição convencional, e agora 2.090 serão atendidos por sistemas individuais cuja fonte de energia é solar.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Consórcio Brasil Central autoriza assinatura de contrato para importação da vacina Sputnik V
Novo lote de Coronavac vai acelerar imunização com segunda dose
Levantamento da Agraer abriu caminho para entrega de 1,1 mil títulos em assentamentos no MS
Nova fábrica vai alavancar economia de Ribas do Rio Pardo, avaliam moradores e comerciantes