Rivemat
Menu
Busca sábado, 15 de maio de 2021

iMac 2017 desembarca no Brasil com preço que pode chegar a R$ 17,2 mil

03 julho 2017 - 19h20

A Apple começou a vender no dia 28 de junho de 2017, no Brasil, a linha de iMacs para 2017. Os computadores foram revelados na conferência WWDC 17, no começo do mês, e agora estão à venda no país. A máquina de menor preço custa R$ 8.199, de acordo com uma mensagem que a fabricante disparou para a sua base de consumidores.

No caso, trata-se de um iMac com tela de 21,5 polegadas, processador Intel Core i5 de 7ª geração, memória RAM de 8 GB e disco rígido (HD) de 1 TB. Neste modelo, a resolução do display é apenas Full HD (1920 x 1080 pixels).

Já o modelo com preço mais alto sai a R$ 17.199. A loja virtual da Apple cita especificações robustas: processador com Turbo Boost de até 4,2 GHz, RAM de 8 GB, drive do tipo Fusion com capacidade para 2 TV e placa de vídeo (GPU) Radeon Pro 580 com 8 GB. A tela é gigantesca: 27 polegadas, com resolução 5K (5120 x 2880 pixels).

Para além do que vem de fábrica nos novos modelos, os representantes da marca destacaram, ainda durante a WWDC17, que os Macs estão mais personalizáveis. O iMac de 21,5 polegadas, por exemplo, comporta agora o dobro da memória RAM: até 32 GB, desde que o cliente faça essa compra à parte ou monte uma máquina no site da Apple. Ainda mais poderoso, o iMac de 27 polegadas permite RAM de 64 GB.

A geração 2017 do iMac também conta com duas portas no padrão USB-C, que está se popularizando aos poucos. As mesmas portas são compatíveis com a tecnologia Thunderbolt, desenvolvida pela Intel e que possibilita transmitir dados numa velocidade maior – até 40 Gb/s, quatro vezes o visto no USB 3.1.

A Apple também começou a vender um novo modelo de teclado que conta com os botões numéricos, para além das letras e teclas de função. O equipamento é indicado para quem trabalha com números, como contadores, profissionais de finanças e também arquitetos e designers.

O modelo custa R$ 899. Assim como no passado, a empresa continua usando o layout dos Estados Unidos – ou seja, o teclado não segue o padrão da ABNT e não conta com a tecla "ç".

Tech tudo

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Consórcio Brasil Central autoriza assinatura de contrato para importação da vacina Sputnik V
Novo lote de Coronavac vai acelerar imunização com segunda dose
Levantamento da Agraer abriu caminho para entrega de 1,1 mil títulos em assentamentos no MS
Nova fábrica vai alavancar economia de Ribas do Rio Pardo, avaliam moradores e comerciantes