Menu
Busca sexta, 19 de julho de 2024

Estudante de arte faz trabalho radical e morre asfixiado

08 maio 2011 - 19h07

O estudante de arte John Jairo Villamil, de 25 anos, rmorreu asfixiado depois de apresentar um trabalho radical com o tema "A percepção sobre a sua cidade, Bogotá".


 


Na cabeça, ele tinha um saco de lixo; os pés estavam em um balde com água; em uma das mãos uma corrente com notas; na outra, uma folha.




A plateia em uma sala da Universidad del Bosque, na  Colômbia, pensou que a dificuldade em respirar e as convulsões de John Jairo eram parte do "espetáculo" e ninguém foi ajudá-lo, segundo o "Huffington Post".

O aluno chegou a ser levado para um hospital, mas morreu cinco dias depois.

A mãe disse que deverá processar a universidade por negligência.


 


Fonte: Surgiu

Deixe seu Comentário

Leia Também

Quer modificar o veículo? CTB prevê que customizações sejam autorizadas pelo Detran
Sala de acomodação sensorial garante espaço reservado para autistas no Bioparque Pantanal
Resiliência: Pantanal Sul-mato-grossense se revela um gigante cheio de vida
Parceria entre governos federal e de MS