Rivemat
Divulgação Fácil
Menu
Busca sexta, 20 de maio de 2022

Novo banco de sangue da Capital tem capacidade de coletar 48 bolsas por dia

Com capacidade de coletar 48 bolsas por dia, o Banco de Sangue da Santa Casa começa a funcionar nesta terça-feira (16) em Campo Grande.

16 março 2021 - 08h42Por Portal do Governo de Mato Grosso do Sul

A Unidade Hemoterápica Santa Casa – Hemosul passará a funcionar às 9h.

A coordenadora geral da Rede Hemosul, Marli Vavas, afirma que a ampliação do atendimento de coleta de sangue na capital vai possibilitar que familiares e amigos de pacientes internados na unidade doem sangue no local.

“A Santa Casa é um dos hospitais com maior demanda de sangue e hemocomponentes. Essa reinauguração, fruto de uma parceria com a unidade de saúde, vem num momento muito oportuno e é uma conquista muito importante para todos”, explica.

Na avaliação do presidente da Santa Casa, Heitor Rodrigues Freire, a parceria representa mais um avanço no compromisso com a vida e na otimização dos serviços prestados à população.  

“Nos últimos meses temos recebido pacientes com quadros muito mais graves, o que aumentou a demanda por sangue. Essa parceria com o Hemosul para a reabertura da Unidade Hemoterápica aqui na Santa Casa é de grande valor para o atendimento a esses pacientes, principalmente na urgência e emergência e nos casos da alta complexidade”.

O espaço, que tem gestão compartilhada com o Hemosul, contará com equipe formada por médicos, enfermeiros e técnicos. Foram instaladas quatro cadeiras de coleta permitindo receber até 12 doações de sangue por hora.

No período da manhã, a Unidade Hemoterápica realizará o atendimento de coleta junto aos doadores de sangue e, no período da tarde, serão atendidos pacientes nos procedimentos de transfusão ambulatorial e sangria terapêutica.

Devido a pandemia, a reinauguração com a assinatura do termo de cooperação entre o Hemosul e a Santa Casa de Campo Grande será exclusiva para gestores e imprensa.

O atendimento no banco de sangue foi suspenso em 2018 para que a Santa Casa pudesse realizar reformas e adaptações estruturais no prédio, entre elas, a implantação do Centro de Oncologia.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Ordem do Dia: Projeto sobre Plano Cicloviário segue à sanção do governo
PROCON MUNICIPAL FISCALIZA DIVERGÊNCIA DE PREÇOS EM FARMÁCIA DA CAPITAL
Campanha "Aqueça uma Vida": Ainda dá tempo de fazer a sua doação
Audiência pública nesta quarta-feira discute concessão de três rodovias em MS