Divulgação Fácil
Rivemat
Menu
Busca segunda, 04 de julho de 2022

Homenagem às mulheres musicistas emociona público nesta manhã no Museu da Imagem e do Som

07 março 2020 - 11h49Por Portal do Governo de Mato Grosso do Sul
Diversos talentos femininos da música sul-mato-grossense estiveram presentes no Museu da Imagem e do Som, elas deram uma palhinha para quem esteve presente para prestigiar o evento.

A sanfoneira Jakeline, a gaiteira Manu e a cantora Ilza Nogueira se apresentaram com a música raiz de fronteira, e o maestro Eduardo Martinelli trouxe músicos convidados para homenagear as mulheres presentes. E, é claro, a maior homenageada desta manhã foi a primeira dupla feminina do Estado, as irmãs Beth e Betinha, que cantaram sucessos como “Beijinho Doce” e “Boneca Cobiçada”, levando o público às lágrimas.
O público presente pôde conferir a exibição do vídeo “Beth e Betinha”, de Marinete Pinheiro, que narra a história da dupla em atividade há mais de 50 anos. No documentário de 18 minutos a cineasta conduz uma entrevista que explora as memórias da carreira da dupla contada por elas mesmas, as dificuldades do início da carreira e as atuais. ‘Causos’ engraçados, histórias de composições, shows e apresentações são abordadas pela dupla no filme que sintetiza com um olhar criativo e artístico a história da dupla Beth e Betinha.

A coordenadora do MIS e cineasta Marinete Pinheiro, contou que as gravações para o curta-metragem fez com que a dupla registrasse suas músicas em uma gravadora. “O filme acabou sendo um processo maior, que envolveu não só as filmagens, mas acabou trazendo outras coisas. “A gente sabe o desafio que é ser artista, a música suaviza e dá alegria ao nosso dia-a-dia. É muito difícil o museu ficar sem fazer uma homenagem às mulheres nesse dia”.



Depois da exibição do filme e das atrações musicais, a presidente da Fundação de Cultura, Mara Caseiro, parabenizou a todas as mulheres que prestigiaram o evento e promoveram um encontro de gerações. “Depois desse banho de talento, de música, parabenizo essas mulheres maravilhosas, esse encontro de gerações. Gostaria de agradecer à equipe do MIS e do Patrimônio Cultural da Fundação de Cultura pela realização deste evento e por reverenciar nossas musicistas. Hoje a gente ainda tem tantas barreiras para vencer, imagina naquela época. É emocionante a gente ver toda a luta, a garra de vocês. Nos espelhamos em vocês, mulheres maravilhosas. O que estiver ao nosso alcance para fazer pela cultura de Mato Grosso do Sul, contem comigo. Vamos continuar acreditando, trabalhando e ido em frente. Parabéns a todas as mulheres”.

Deixe seu Comentário

Leia Também

No acumulado dos últimos 12 meses MS gerou mais de 40 mil novas vagas de emprego
Socorro do Governo de R$ 1,2 milhão para estudantes da Rede Estadual mantém tarifa de ônibus congela
Governo do Estado nomeia 201 aprovados no concurso público da Secretaria de Saúde
Estudo de viabilidade da ferrovia Malha Oeste avança e licitação pode sair no segundo semestre