Divulgação Fácil
Rivemat
Menu
Busca segunda, 04 de julho de 2022

Oficina de Dança cultiva a força do chamamé raiz durante o 3º Festival Cultural do Chamamé

12 outubro 2019 - 19h21Por Portal do Governo de Mato Grosso do Sul

O Estúdio de Dança Ballet Isadora Duncan recebeu os alunos e o professor convidado, de danças folclóricas argentinas e tango, Juan Carlos Godoy, natural de Corrientes, para esta celebração deste ritmo que une várias nações latino-americanas.

A sala de dança estava lotada e participaram bailarinos de diferentes regiões da Argentina e de Mato Grosso do Sul.

Adelaide Ledesma é diretora do Centro de Arte Dançarte, em Formosa Capital, na Argentina, e trouxe 56 alunos de sua escola para participar da oficina de dança e do Festival do Chamamé.

“Em Formosa, o chamamé faz parte do dia-a-dia das pessoas. Viemos para integrarmos, compartilhar experiências e aprendermos também a cultura da região”.

A funcionária pública aposentada Marivalde Santos, de Campo Grande, confeccionou um traje especialmente para participar do Festival e desde criança tem contato com os ritmos fronteiriços. “Desde quando nasci meu pai me embalava com o chamamé para eu dormir.

Aprendi a dançar com a própria família, em festas, na minha família todo mundo dança. O chamamé é uma música que prezo muito, desde o primeiro ônibus que foi daqui para Corrientes para o Festival Internacional do Chamamé eu já fui junto”.

Os jovens Adriano Rios e Sanchez Valentin vieram de Formosa Capital, Argentina, para participar.

Eles fazem parte do Centro de Arte Dançarte. “Meu pai é promotor de eventoe chamamezeiros, me criei no chamamé”, diz Adriano. “Gosto de dançar, vim para o Festival em Campo Grande porque quis ter esta experiência de poder compartilhar o que sei e aprender sobre a cultura do Brasil”, completa Sanchez.

Deixe seu Comentário

Leia Também

No acumulado dos últimos 12 meses MS gerou mais de 40 mil novas vagas de emprego
Socorro do Governo de R$ 1,2 milhão para estudantes da Rede Estadual mantém tarifa de ônibus congela
Governo do Estado nomeia 201 aprovados no concurso público da Secretaria de Saúde
Estudo de viabilidade da ferrovia Malha Oeste avança e licitação pode sair no segundo semestre