Menu
Busca domingo, 19 de maio de 2024

Cesta Básica Alimentar tem queda de 4,17% na Capital

04 agosto 2014 - 13h54Por Mariana Anjos / Informações Notícias MS

xO levantamento mensal realizado no mês de julho pela Secretaria Estadual de Meio Ambiente, do Planejamento, da Ciência e Tecnologia (Semac) apontou que o custo da Cesta Básica Alimentar apresentou queda de 4,17% em Campo Grande, em relação ao apurado no mês anterior.

De acordo com o levantamento, os 15 produtos da cesta básica foram adquiridos por R$ 293,85 em julho, contra R$ 306,64 em junho. No acumulado do ano o índice apresenta variação positiva de 2,95% e nos últimos seis meses, 1,64%.

Segundo o levantamento dos técnicos da Semac, dentre os 15 produtos pesquisados, nove apresentaram queda nos preços no mês passado, com destaque para: batata 20,66%; tomate 18,31%; feijão 11,44%; laranja 9,67%; alface 8,40%; óleo 4,79%; açúcar 1,74%; macarrão 0,44% e banana 0,28%. Os produtos que registraram alta nos preços foram arroz 3,06%; pão francês 2,36% e carne (agulha) 1,18%; enquanto que a margarina e o sal mantiveram seus preços inalterados.

De acordo com o levantamento, a colheita da batata está sendo realizada nas regiões produtoras e seguirá por mais um mês, em razão do atraso no plantio e na colheita devido ao clima atípico nos primeiros meses de 2014, aumentando o volume ofertado do mercado interno.

Os produtos hortifrutigranjeiros são suscetíveis a fatores sazonais e durante o mês de julho foram realizadas ofertas e promoções que refletiram positivamente para o trabalhador, contribuindo para a queda do preço da cesta que registrou R$12,79 de economia para o consumidor.

Nos últimos seis meses os produtos que apresentaram maiores altas nos preços foram: tomate, carne, pão, arroz e óleo. Em contrapartida, no mesmo período, registrou queda nos preços: laranja, alface, feijão, macarrão e leite.

Cesta Básica Familiar

A pesquisa que levanta o custo da Cesta Básica Familiar registrou queda de 1,29% na Capital, em relação ao apurado no mês anterior. Os 44 produtos avaliados puderam ser adquiridos por R$1.327,79. No levantamento anterior os mesmos produtos estavam custando o total de R$1.345,18. No acumulado dos últimos seis meses, a cesta básica familiar apresenta alta de 2,50% e nos últimos 12 meses elevação de 5,80%. Dentre os 44 produtos pesquisados, 20 apresentaram queda nos preços, 18 tiveram alta e seis mantiveram os preços inalterados.

No grupo Alimentação, composto por 32 produtos, a pesquisa apresentou uma variação negativa de 1,42%. Alguns dos produtos em queda foram: batata 20,64%; tomate 18,34%; feijão 11,44%; cebola 5,61%; óleo 5,02%; mamão 2,61%; couve 2,31%. No grupo de produtos que apresentaram alta nos preços, estão: arroz 2,96%; peixe 2,65%; abobrinha 1,95%; fubá 0,83%; alho 0,77% e pão doce 0,23%. Sal, margarina, queijo e farinha de trigo mantiveram seus preços inalterados.

O grupo de higiene pessoal, que é composto de cinco produtos, fechou julho com alta de 1,11% devido à variação nos preços dos seguintes produtos: papel higiênico 1,85%, absorvente 1,82%, dentifrício 1,24% e sabonete 1,32%. Aparelho de barbear apresentou queda de 1,31%.

A Secretaria Estadual de Planejamento, por meio da Coordenadoria de Pesquisas, Planos, Projetos e Monitoramento (CPPM), apura e divulga mensalmente o índice de oscilações dos custos da Cesta Básica Alimentar nos estabelecimentos comerciais de Campo Grande.

São pesquisados mensalmente os preços desses produtos em 26 estabelecimentos varejistas de Campo Grande distribuídos em seis regiões (Centro I, Centro II, Norte, Sul, Leste e Oeste), sendo dois supermercados, um açougue e uma panificadora em cada região. Também são pesquisadas duas peixarias isoladas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Summit Brazil-USA: Mato Grosso do Sul destaca política agroambiental e programa Carbono Neutro
Governo de MS envia insumos e equipe especializada para auxiliar no resgate de animais no RS
Operação Cosud: 333 pessoas presas e 3 toneladas de drogas apreendidas em MS
Avistar Brasil: MS participa do maior evento de observação de aves da América Latina