Menu
Busca domingo, 19 de maio de 2024

Dia dos Pais vai injetar R$ 172 milhões na economia de MS

29 julho 2014 - 21h34Por Mariana Rodrigues/Informações Assessoria

 Pesquisa da Fecomércio MS, em parceria com Universidade Anhanguera Uniderp e Fundação Manoel de Barros, aponta que o Dia dos Pais vai movimentar R$ 172 milhões no  comércio de MS. “O montante é 5,5% maior que o apurado na pesquisa de 2013, mas se descontarmos a inflação podemos considerar que teremos vendas nos mesmos patamares”, avalia o presidente da Fecomércio MS, Edison Araújo.

Este é o quarto ano de realização da pesquisa no Estado. Foram ouvidas duas mil pessoas entre os dias 08 e 15 de julho em 13 cidades de MS (Aparecida do Taboado, Aquidauana, Anastácio, Chapadão do Sul, Campo Grande, Corumbá, Dourados, Ladário, Naviraí, Paranaíba, Ponta Porã, São Gabriel do Oeste e Três Lagoas).

Ainda de acordo com a pesquisa, o gasto médio, por presente, será de R$ 132,00 e 82% da população economicamente ativa devem ir às compras, valores muitos próximos aos do ano passado. O menor valor médio de presente foi encontrado em Ponta Porã e São Gabriel do Oeste, R$ 91,00 e o maior, de R$ 176,00, em Aparecida do Taboado. Na Capital o desembolso médio com o presente do Dia dos Pais será de R$ 139,00, totalizando R$ 41,4 milhões em compras.

Tipos de presentes – Como tem ocorrido na intenção de compra nas pesquisas anteriores para o Dia dos Pais, pais, esposos, sogros e namorados deverão ganhar muitos presentes uteis. As escolhas em dar presente recaem em roupas (21%), os perfumes (17%), os calçados (14%), relógios (8%) ou carteiras (8%), como os principais presentes. Também foi perguntado aos homens qual seria o seu presente favorito para receber nesta data. As respostas foram muito próximas às intenções de compras. Os homens gostariam de ganhar perfumes (16%), roupas (15%), calçados (11%), joias (8%) e relógios (7%). Dentro do rol de roupas, os homens preferem ganhar camisa (26%), camiseta (19%), calça (19%), bermuda (13%) e jaqueta (4%).

Forma de Pagamento e decisão de compra – Um ponto positivo para o comércio é a indicação da grande maioria dos consumidores efetuarem as suas compras à vista, com pouco risco de inadimplência. “Esta é a escolha de 50% dos compradores que pagarão com dinheiro ou cartão de débito, somado a mais 11% que utilizarão o cartão de crédito. Outros 27% pagarão as compras a prazo com o seu cartão de crédito e apenas 1% deverão pagar com cheque pré-datado”, explica o coordenador de pesquisa José Francisco dos Reis Neto.

Quanto ao local de compra, as lojas do Centro são as preferidas da grande maioria dos consumidores, perfazendo quase 78% dos compradores, seguido da compra nas lojas localizadas nos Bairros (11%), pela internet (7%).

 A pesquisa ainda revela que a maioria dos entrevistados pretende passar o Dia dos Pais em casa (76%), outros 10% irão a restaurantes. Poucos irão viajar, pois somente 4% irão para algum local dento do estado e outros 2% viajarão para fora do MS. Ficar em casa ou ir ao restaurante também ativará o comércio de alimentos, bebidas e serviços que poderão agregar algo mais aos valores estimados em presentes no Dia dos Pais.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Summit Brazil-USA: Mato Grosso do Sul destaca política agroambiental e programa Carbono Neutro
Governo de MS envia insumos e equipe especializada para auxiliar no resgate de animais no RS
Operação Cosud: 333 pessoas presas e 3 toneladas de drogas apreendidas em MS
Avistar Brasil: MS participa do maior evento de observação de aves da América Latina