Menu
Busca quinta, 23 de maio de 2024

Docentes do IFMS são selecionados para capacitação na Finlândia

27 julho 2014 - 11h30Por Mariana Rodrigues/Informações Assessoria

 Três docentes do Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS) foram selecionados para participar do Programa Professores para o Futuro, na Finlândia. A partir de agosto, eles serão capacitados por cinco meses em universidades do país para posterior desenvolvimento de projetos de pesquisa no Brasil.

“Nesta imersão, os professores vão se apropriar de boas práticas da relação entre ensino, pesquisa e extensão, vivenciando um modelo com forte conexão com o setor produtivo. No retorno, esse conhecimento será aplicado nas rotinas do IFMS”, explicou o assistente da Pró-Reitoria de Pesquisa e Inovação, Emerson Corazza.

O IFMS será representado pelos professores Ângela Kwiatkowski, do Câmpus Coxim, Rodrigo Duran, de Nova Andradina, e Vitor Sanches, da Capital. As atividades estão previstas para serem desenvolvidas na Finlândia de 15 de agosto a 22 de dezembro.

“Entre os itens a serem observados com mais cuidado estão a maneira como é feito o fomento dos projetos, a agilidade no planejamento dos mesmos, as estruturas organizacionais utilizadas e as parcerias entre iniciativa pública e privada”, apontou o professor Rodrigo.

No total, 32 professores da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica foram selecionados por meio da Chamada Pública Nº 015/2014, do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e do Ministério da Educação (MEC), por intermédio da Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (Setec).

Além de pertencerem ao quadro permanente de servidores de instituições da Rede Federal, os docentes deveriam ter o currículo Lattes atualizado e proficiência em inglês.

Selecionados – Os docentes do IFMS se inscreveram na chamada do CNPq para apoio em projetos que tratam da análise de dados para agricultura com o uso de drones, aproveitamento do lixo orgânico na geração de gás combustível e métodos para quantificação de compostos bioativos e seus efeitos.

“Quero muito ver como é feita a ciência aplicada lá, já que a Finlândia é referência nisso. Por ser um país com altos índices de desenvolvimento humano, produto interno bruto e renda per capita, espero encontrar um lugar mais organizado e com maior valorização do ensino”, afirmou o professor Vitor.

Nos dias 17 e 18 de julho, os docentes estiveram em Brasília para uma reunião técnica sobre o programa, promovida pela Setec. Na ocasião, os professores receberam orientações de um representante da Embaixada da Finlândia e do CNPq.

Os docentes também apresentaram a documentação exigida para emissão do visto necessário para a permanência no país.

 Programa – A capacitação será feita em três módulos. Com carga horária de 800 horas, os dois primeiros serão realizados na Finlândia. Constam no conteúdo teoria, linguagem e ambientes de aprendizagem baseado em web, e pesquisa aplicada em tecnologia e aprendizagem.

“O estágio também prevê, em sua última etapa, o planejamento de um projeto a ser aplicado no IFMS. Posteriormente, virão professores da Finlândia observar como a iniciativa está sendo aplicada. Isso com certeza trará benefício a estudantes, professores e para a instituição como um todo”, disse Duran.

O programa será consolidado a partir das experiências de educação profissional do modelo finlandês de pesquisa aplicada, que tem como base a interação com o setor produtivo. Os estudos serão realizados na University of Applied Sciences (Hamk), University of Applied Sciences(Haaga-helia) e University of Applied Sciences (Tamk).

O apoio financeiro do CNPq, por meio da concessão de bolsas, foi oferecido a projetos que contribuam para o desenvolvimento científico, tecnológico e de inovação do Brasil.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Ordem do Dia: Seis proposições são aprovadas pelos deputados estaduais
Saiba quais são os bairros que estão na rota do fumacê nesta quinta
Prefeitura entrega sede própria para Grupamento Especializado de Motopatrulhamento de Campo Grande
Café com os conselheiros regionais do centro acontece neste sábado (25)