Menu
Busca domingo, 14 de julho de 2024

André recebe visita do grupo Passaredo Linhas Aéreas

05 abril 2011 - 10h45


       O governador André Puccinelli recebeu nesta terça-feira (3) a visita de representantes da Passaredo Linhas Aéreas composta pelo diretor de Relações Institucionais, Ajauri Barros de Melo e pelo diretor de Planejamento, Ricardo Luiz Merenda da Silva. O grupo entrou com pedido de autorização junto à Agencia Nacional de Aviação Civil (Anac) para operar linha comercial entre Três Lagoas e São Paulo. 
 
         A companhia opera com sede na cidade de Ribeirão Preto, São Paulo, aguarda a autorização da Anac, além da homologação do Aeroporto Municipal Plínio Alarcon para dar início aos vôos em Três Lagoas.  Conforme o grupo já está tramitando outro pedido ligando a cidade de Campo Grande à Goiânia passando por Guarulhos e Uberlândia, num vôo diário, de segunda à sexta-feira. 
 
         “Temos na Anac o de vôos a partir de Campo Grande vindo de outros Estados e mais quatro ou cinco cidades que é do nosso e do interesse de Mato Grosso do Sul. Somos uma empresa que voamos com aviões de fabricação nacional, de ponto a ponto, sem escalas intermediárias e faz com que o usuário saia e chegue no mesmo dia sem despesas adicionais”, disse o diretor de Relações Institucionais, Ajauri Barros de Melo. 
 
         Conforme Ajauri Barros de Melo, o que despertou o interesse comercial do grupo foi o crescimento de Mato Grosso do Sul que está atraindo diversas indústrias. “O diferencial é o crescimento do Estado, das indústrias que estão vindo para cá, da agropecuaria, ou seja, é mais do que importante para que coloquem mais aviões aqui”, justificou. 
 
         O diretor de Relações Institucionais informou ainda que os vôos serão feitos num jato Embraer ERJ 145 com 50 assentos com velocidade de 850 km/h. “Queremos operar em Três Lagoas desde que o aeroporto tenha as condições de segurança para a operação aérea”, afirmou Ajauri Barros de Melo. 
 
         De acordo com o governador André Puccinelli o aeroporto de Três Lagoas já estará homologado até o primeiro semestre do ano que vem. “Assim como fizemos no aeroporto de Bonito como o cercamento, o balizamento noturno, a sessão contra incêndios entre outras ações vamos fazer com o de Três Lagoas”, garantiu. Ele mostrou aos representantes do grupo o plano estratégico do Estado que envolve a homolagação de aeroportos para o desenvolvimento do Estado. 
 
         Presente na reunião, a vice-governadora, Simone Tebet disse que já estão assegurados recursos para a construção do receptivo do aeroporto de Três Lagoas e 90% do cercamento já foi feito. “Três Lagoas conta com uma fábrica de celulose, a  International Paper, a JBS, sem contar com a demanda das empresas de pequeno e médio porte que precisam de vôos toda a semana”, salientou. 
 
            A empresa Passaredo Linhas Aéreas tem cerca de 800 funcionários e opera vários destinos nas regiões Sudeste, Sul, Centro-oeste, Norte e Nordeste.


 


Fonte: Notícias MS

Deixe seu Comentário

Leia Também

Temperaturas permanecem amenas e quinta-feira tem probabilidade de chuva fraca a moderada
Julho das Pretas: governos de MS e Federal debatem ações afirmativas e promoção da igualdade racial
Saúde realiza monitoramento das estratégias de vacinação para pólio e sarampo em MS
Investimento na agricultura familiar sobe 130% em edital de extensão da Fundect