Menu
Busca domingo, 19 de maio de 2024

Indígenas prometem novo bloqueio se promessa ‘furar’

24 julho 2014 - 13h34Por Mariana Anjos / Informações Dourados News

Depois de um bloqueio que durou quatro dias, indígenas das aldeias Bororó e Jaguapiru em Dourados, liberaram pacificamente o tráfego na rodovia Perimetral Norte, entre a Avenida Guaicurus e a MS-156.

Após reunião entre lideranças e representantes da Funai (Fundação Nacional do Índio) com o governador André Puccinelli (PMDB), realizada ontem em Campo Grande, o grupo resolveu dar fim ao bloqueio iniciado depois da morte de uma indígena de 46 anos – ocorrida no domingo - que foi mais uma vítima de atropelamento na via.

No entanto, conforme lideranças, o fim da liberação pode acontecer novamente, e já a partir de amanhã, caso o engenheiro que ficou de visitar o local nesta quinta-feira para identificar os pontos com necessidade melhorias de sinalização não compareça.

“Estamos confiantes na palavra do governador com relação ao nosso pedido, e esperamos que ele cumpra o que prometeu. Se isso não acontecer, nós vamos ocupar a rodovia de novo, porque não vamos desistir do nosso direito de ter mais segurança ali”, disse a liderança da aldeia Bororó, Gaudêncio Benitez.

A reivindicação de lideranças é por mais sinalização e também pela instalação de redutores de velocidade para evitar acidentes, já que desde o ano passado, segundo informação do Conselho Indígena, já são seis mortes.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Summit Brazil-USA: Mato Grosso do Sul destaca política agroambiental e programa Carbono Neutro
Governo de MS envia insumos e equipe especializada para auxiliar no resgate de animais no RS
Operação Cosud: 333 pessoas presas e 3 toneladas de drogas apreendidas em MS
Avistar Brasil: MS participa do maior evento de observação de aves da América Latina