Menu
Busca sexta, 19 de julho de 2024

Motoristas profissionais recebem atendimento médico no Posto 21 da PRF

11 maio 2011 - 19h01

Dia para cuidar da saúde, essencial também para o bom desempenho dos motoristas profissionais no trânsito. Um projeto desenvolvido pela Polícia Rodoviária Federal, em parceria com SEST/SENAT, mostra aos motoristas a importância de estar saudáve ao exercer a profissão de motorista.


O profissionais em saúde pretendem mostrar que qualquer tipo de doença pode prejudicar ou impedir a condução de veículos. A camapanha pretende educar e orientar motoristas quanto a questões relacionadas à saúde e ao trânsito, bem como, obter indicadores estatísticos acerca do perfil dos condutores que fazem da direção automotora sua profissão.


Alunos e professores de enfermagem do Colégio Paulo Freire de Campo grande, também participam do evento na realização de procedimentos como aferição de pressão arterial, verificação glicêmica, força manual entre outros 23 tipos de testes e exames.


O evento é realizado até às 17h no posto de fiscalização "21", que fica no km 454, na br-163. Os próximos “Comandos de Saúde” serão realizados nos dias 17 de Agosto e primeiro de dezembro deste ano.


Alerta: A Organização Mundial da Saúde, enumerou 10 fatos principais que norteiam a questão da segurança no trânsito:
1 - Mais de 1,3 milhão de pessoas morrem por ano em acidentes de trânsito em todo o mundo;
2 – Cerca de 50 milhões de pessoas se ferem ou ficam com seqüelas permanentes de acidentes de trânsito em todo o mundo;
3 – Metade das vítimas são os usuários mais vulneráveis das vias: pedestres, ciclistas e motociclistas;
4 – Acidentes de trânsito custam até 4% do Produto Interno Bruto de muitos países;
5 – Quando corretamente utilizados, cintos de segurança podem reduzir o risco de morte em um acidente em 61%;
6 – O uso obrigatório de assentos especiais para crianças nos veículos podem reduzir a morte de crianças em 35 %;
7 – Capacetes diminuem até 45% os ferimentos fatais ou severos na cabeça;
8 – Reforçar leis sobre bebida e direção em todo mundo poderia reduzir em 20% os acidentes relacionados ao álcool;
9 – Para 1 km/h reduzido na velocidade média, há uma queda de 2% no número de acidentes;
10 – Medidas simples e baratas de engenharia nas vias, como faixas de segurança, podem salvar milhares de vida.


 


Ceyd Moreles

Deixe seu Comentário

Leia Também

Quer modificar o veículo? CTB prevê que customizações sejam autorizadas pelo Detran
Sala de acomodação sensorial garante espaço reservado para autistas no Bioparque Pantanal
Resiliência: Pantanal Sul-mato-grossense se revela um gigante cheio de vida
Parceria entre governos federal e de MS