Menu
Busca terça, 25 de junho de 2024

Empresas faltam à reunião e greve continua em Três Lagoas

31 janeiro 2012 - 13h49

Depois de duas horas, a reunião entre os trabalhadores da fábrica Eldorado Brasil e representantes do Ministério do Trabalho e da empresa terminou sem acordo nesta segunda-feira (30). O encontro ficou sem definição porque os representantes das empresas contratadas pala Eldorado não compareceram.


A greve dos 8 mil trabalhadores começou no dia 25 de janeiro. De acordo com o Perfil News, o mediador da reunião foi o procurador geral do trabalho e emprego de Mato Grosso do Sul, Anizio Pereira Tiago.


Estavam presentes representantes do Ministério do Trabalho, de Sindicatos, de uma comissão formada por cinco trabalhadores representando a classe, além dos representantes da Eldorado Brasil.


Segundo o gerente administrativo da Eldorado, Sales, a empresa não pode fechar acordo com os trabalhadores porque não contrata mão de obra, mas sim o serviço das empresas.


Entre as reivindicações dos trabalhadores estão plano de saúde que atenda, também a família dos operários; a regularização de pagamentos de horas extras; aumento no vale alimentação; o pagamento da horas in itinere, passagem de avião para os trabalhadores que residem a mais de 1500 km.


Além disso, existe um acordo coletivo que expira no dia 31 de março e, segundo denúncias de trabalhadores, algumas cláusulas desse acordo não estão sendo cumpridas pelas empresas contratantes.


Uma nova reunião foi marcada para esta quarta-feira (01) às 14h, mas o local ainda não foi divulgado. Enquanto a situação não é resolvida, os trabalhadores vão continuar em greve.


Adriana Oliveira

Deixe seu Comentário

Leia Também

Lei: Semana de Conscientização sobre a Cardiopatia Congênita é instituída em MS
Semana começa com Funtrab oferecendo 4,4 mil vagas de emprego em todo o Mato Grosso do Sul
Em projeto para "60+" apoiado pelo Governo de MS,
Bombeiros combatem incêndios florestais perto da Estrada Parque e em Porto Murtinho