Menu
Busca segunda, 15 de julho de 2024

Obras de esgoto da Sanesul em Anastácio alcançam 60%

11 maio 2011 - 19h33

As obras do Sistema de Esgotamento Sanitário (SES) de Anastácio já estão 60% concluídas. O ritmo das obras foi retomado no mês passado. Os trabalhos tiveram início no dia 2 de agosto de 2010 e tiveram o andamento desacelerado por conta das chuvas e da enchente que aconteceu na região, durante os meses de janeiro, de fevereiro e de março. Naquele período, a cidade ficou isolada por dias, o que impediu o andamento da obra. A Sanesul está investindo R$ 474,7 mil de recursos próprios.  

Até o momento, já foram executados 2.472,00 metros de rede coletora de esgoto, que abrangem o bairro Jardim Campanário, Vila Santa Maria e Vila Flor. Além do bairro Santos Dumont, que também será inteiramente beneficiado com as construções. Neste, serão atendidas inicialmente 131 novas famílias com coleta e tratamento de esgoto. Nos locais da obra encontram-se prédios comerciais e públicos, além de diversas casas residenciais. 

A Sanesul prevê a construção de 2.699 metros de uma rede coletora de esgoto com 100 milímetros de diâmetro e outra de 509 metroscom 150 milímetros de diâmetro. Além de uma rede coletora de esgoto com 245 metros. O SES ainda contará com uma Estação Elevatória de Esgoto (EEE), com vazão de 5,40 metroscúbicos por hora. 

Segundo o gerente regional Jonas Trindade, a obra era um sonho do antigo prefeito Cláudio Valério, falecido em outubro de 2010. A execução da coleta e tratamento de esgoto era das maiores preocupações do antigo prefeito e irá melhorar a qualidade de vida da população da cidade. “Ele vinha reivindicando há tempos, inclusive com a execução de uma Estação Elevatória de Esgoto. Foi ele quem nos doou a área, que está localizada na rua em que ele morava e onde hoje residem sua esposa e filhos”, conta.  

 “A região sofreu uma das maiores enchentes do Rio Aquidauana nos últimos 25 anos. Isso afetou muito o andamento dos serviços. No local onde será executada a Estação Elevatória de Esgoto já havia sido feitas as escavações”, diz o gerente, lembrando que o bairro Santos Dumont ficou parcialmente alagado por diversos dias.  

Outro obstáculo que a Sanesul vem vencendo é o do solo rochoso, que está dificultando os trabalhos de escavação. “Porém, as medidas necessárias para solucionar este percalço já estão sendo tomadas”, afirma o Gerente. Estão nesta situação, ao todo, 1.275 metros de rede coletora de esgoto para atender o centro da cidade. Lá, em quatro ruas, encontram-se um supermercado, a Estação Ferroviária, o Centro de Convenções, uma unidade dos Correios e diversas residências.


Helton Verão com informação da assessoria

Deixe seu Comentário

Leia Também

Temperaturas permanecem amenas e quinta-feira tem probabilidade de chuva fraca a moderada
Julho das Pretas: governos de MS e Federal debatem ações afirmativas e promoção da igualdade racial
Saúde realiza monitoramento das estratégias de vacinação para pólio e sarampo em MS
Investimento na agricultura familiar sobe 130% em edital de extensão da Fundect