Menu
Busca sábado, 22 de junho de 2024

Pai e filho são autuados por pesca predatória no rio Aquidauana

30 janeiro 2012 - 11h59

Após receber denúncia de que um pescador profissional colocou o filho para pescar ilegalmente, a Polícia Militar Ambiental de Campo Grande flagrou o adolescente de 16 anos praticando pesca predatória no Rio Aquidauana, neste domingo (29).


No momento da abordagem, o jovem estava armando anzóis de galho e recolhendo peixes de outros anzóis armados. De acordo com a PMA, o adolescente tinha quatro anzóis de galho na embarcação e ainda um exemplar de dourado que havia recolhido de um dos anzóis armados e um curimbatá, que utilizava como isca.


Os peixes estavam fora da medida permitida para a captura. No local, os policiais ainda cortaram 20 anzóis de galho que estavam armados no rio. O material e o adolescente foram apreendidos.


O jovem foi encaminhado à delegacia de polícia Rochedo, onde foi autuado pelo ato infracional de pesca predatória e recebeu multa de R$ 2.000.


O pai do adolescente, pescador profissional, também foi autuado administrativamente e multado em R$ 2.000. Se for comprovado que o pescador mandava o filho praticar pesca, ele também vai responder por crime ambiental e pode pegar pena de 1 a 3 anos de detenção.


Adriana Oliveira

Deixe seu Comentário

Leia Também

Centro de Convivência nos Jogos Escolares de MS promove novas amizades entre estudantes-atletas
Apoiada pela Msgás, Maratona de Campo Grande tem 3 mil atletas confirmados
Reeducandos de MS produzem bolas oficiais para campeonatos e atletas com deficiência visual
Para fomentar a economia, Sidagro atua em conjunto com o Consórcio Central no fortalecimento do SIM