Rivemat
Divulgação Fácil
Menu
Busca quarta, 12 de maio de 2021

Com trabalho, dedicação e preparo, Neidy realiza o sonho de alcançar o posto mais alto da PMMS

09 novembro 2020 - 12h41Por Portal do Governo de Mato Grosso do Sul
Pela primeira vez na história da Corporação, uma policial foi alçada ao posto mais alto do Comando da PMMS.

Aos 45 anos e um importante currículo, a então tenente-coronel Neidy Nunes Barbosa Centurião que nasceu em Coxim e entrou no para a corporação aos 17 anos em Costa Rica, se tornou a Coronel Neidy Nunes Barbosa Centurião.Representante de uma categoria especial de mulheres que lutam por espaços, principalmente em setores historicamente masculinos, a Coronel não abriu mão de constituir família. E conseguiu, de forma brilhante, conciliar o casamento e os filhos, hoje com 17 e 19 anos.

Tamanha dedicação, segundo ela, é fruto da boa educação que recebeu. “Minhas orientações são de berço, estão ali arraigadas no meu ser”, descreve, reconhecendo também o valor do aprendizado que recebeu da instituição. “Ela me ensinou e me treinou tudo que sei”.

E, claro, sente muito orgulho por alcançar um posto num lugar historicamente dominado pelos homens. “Sou muito grata à todas as mulheres precursoras na carreira que por muito tempo foram alvos de preconceitos”. Para a Coronel Neidy, será uma grande responsabilidade representá-las.

Depois de muito estudo e uma brilhante carreira que inclui passagens pela Companhia de Trânsito, Policiamento Montado, 1° Batalhão, Comunicação Social, comando da Cavalaria e o Subcomando da PM de Corumbá e do Batalhão Rodoviário, além da Policlínica e a fundação do Centro de Equoterapia da PMMS, a Coronel colhe os louros que plantou ao longo desses 27 anos. “Era meu sonho ser coronel e eu me preparei para isto”, resume.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Fundtur lança programa de Inovação da Oferta Turística de MS nesta terça-feira
Pedreiro e analista de crédito estão entre as 229 vagas da Funtrab na capital
MS tem predomínio de tempo seco e calor de 36°C para a região pantaneira
Após horário excepcional, Capital volta com toque de recolher a partir das 21h