Divulgação Fácil
Rivemat
Menu
Busca segunda, 04 de julho de 2022

Tereza Cristina tem forte atuação no Congresso e traz mais de R$ 118,5 milhões em investimentos federais para MS

04 junho 2018 - 11h40Por Assessoria

Municipalista convicta, a deputada federal Tereza Cristina (DEM-MS) tem olhado a necessidade de cada prefeito na hora de atender as demandas que chegam até ela.  Com direito a R$ 51 milhões em emendas parlamentares, em seu primeiro mandato como deputada federal, Tereza já conseguiu mais que dobrar o montante enviado para estabelecer parceria com o Executivo estadual e prefeituras de 77 municípios de Mato Grosso do Sul.

“Até agora temos contabilizados R$ 118 milhões em emendas que chegaram e ainda virão para atender diferentes áreas da administração pública”, conta a deputada.  São recursos para saúde, infraestrutura, esporte, fomento da agricultura familiar, abastecimento de água, entre tantos outros.

Tereza trouxe equipamentos, aparelhagens modernas e recurso para custeio na área da saúde de várias cidades e em Campo Grande garantiu dinheiro para serem investidos em instituições como: Hemosul, Hospital Regional, Hospital do Câncer Alfredo Abraão e o Hospital Nosso Lar.

Tiveram ainda maquinários agrícolas (patrulha mecanizada, trator, grade, distribuidor de calcário) para atender diretamente os pequenos agricultores do interior do Estado, melhorando as condições de produção local e garantindo renda digna ao pequeno produtor; além de dinheiro para assegurar drenagem e pavimentação asfáltica em boa parte das cidades.

Além de tudo isso a meta principal do mandato, estabelecida pela própria parlamentar, tem sido cumprida. “Queremos levar água potável ao maior número de propriedades rurais possíveis. As ações para que isso aconteça já estão em andamento desde 2016, através de uma parceria com a Fundação Nacional de Saúde (Funasa-MS)”, relata. Até agora Mato Grosso do Sul já conta com R$ 29,4 milhões em recursos para implantação de sistema de abastecimento de água e esgotamento sanitário na área rural e urbana.

Tereza Cristina ainda é bem avaliada quando seu mandato é observado por órgão que medem atuação parlamentar. Ela foi eleita, a parlamentar mais influente de Mato Grosso do Sul em Brasília, em levantamento feito pelo site Ranking Políticos. Ocupa, atualmente, a 1ª colocação no ranking de Mato Grosso do Sul, analisando atuação de senadores e deputados federais e a 46ª posição no geral, quando considerados todos os 594 parlamentares da Câmara dos Deputados e do Senado Federal.

Agronegócio

Presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), desde o início de 2018, a deputada federal por Mato Grosso do Sul, Tereza Cristina, têm dado passos importantes no cenário político nacional.

Mais que trazer segurança jurídica aos produtores rurais, Tereza tem mantido seu compromisso em apoiar políticas públicas e defender legislações que permitam ao setor agropecuário garantir a segurança alimentar da população com comida farta, barata e saudável na mesa dos brasileiros.

Pautas como o Fundo de Assistência ao Trabalhador Rural (Funrural), a regularização fundiária, instituição de um novo marco para o licenciamento ambiental no país, modernização da leu que regula uso dos defensivos agrícolas, determinações jurídicas que tratam da demarcação de terras indígenas no Brasil, melhores condições de comunicação para os produtores que dependem da agricultura familiar, acordos internacionais com blocos que compõem o Mercosul, aprovação da lei que rege o Código Florestal brasileiro estão entre as defendidas pela deputada Tereza Cristina no Congresso Nacional.

“O intuito de cada ações que propusemos é dar transparência, bem como contribuir, ao processo de construção de políticas públicas em uma agenda positiva para o desenvolvimento do país, bem como do setor agropecuário brasileiro.

Deixe seu Comentário

Leia Também

No acumulado dos últimos 12 meses MS gerou mais de 40 mil novas vagas de emprego
Socorro do Governo de R$ 1,2 milhão para estudantes da Rede Estadual mantém tarifa de ônibus congela
Governo do Estado nomeia 201 aprovados no concurso público da Secretaria de Saúde
Estudo de viabilidade da ferrovia Malha Oeste avança e licitação pode sair no segundo semestre