Menu
Busca terça, 25 de junho de 2024

Santa Casa emite nota contra site da Capital

20 janeiro 2012 - 14h39

A Santa Casa de Campo Grande emitiu uma nota oficial à imprensa nesta manhã de sexta-feira (20) em resposta á denúncia feita por um site da Capital. Conforme matéria publicada no jornal online, a Santa Casa deu alta inesperada e precoce a um paciente, que havia sofrido um acidente de trabalho e diagnosticado com traumatismo craniano.


O título da matéria dizia: “Atendido pelo SUS, acidentado paga consulta e exames na Santa Casa”, no entanto, foi editado posteriormente, como “Depois de alta pelo SUS na Santa Casa, acidentado paga consulta e exames particulares”.


Conforme nota da Santa Casa, o Departamento Jurídico do Hospital será acionado devido a contradição do título da matéria, “na matéria, não foi citado em nenhum momento, pelo RR (paciente), que o mesmo efetuou algum pagamento na Santa Casa pelos procedimentos realizados. Ou seja: O título da matéria se contradiz ao conteúdo da mesma”.


Confira nota na íntegra:


"Nota de Esclarecimento.


Em 20 de Janeiro de 2012.


A Junta interventora da Santa Casa vem, por meio desta, informar que no dia 16 de janeiro de 2012 as 12h27minh, o pronto socorro do hospital realizou um atendimento de emergência para Senhor RR que foi atendido, e liberado no mesmo dia.


O mesmo foi atendido em tempo hábil e passou por vários procedimentos, dentre eles: consulta de urgência e emergência no pronto socorro, procedimento cirúrgico de sutura, passou por um especialista (Neurocirurgião), foi medicado e fez exame de tomografia, e segundo laudo médico não apresentou nenhuma alteração. Ficou em observação e foi liberado, consciente e orientado.


Informamos que em nenhum momento foi cobrado do paciente qualquer valor referente ao seu atendimento, que foi inteiramente realizado gratuitamente pelo Sistema Único de Saúde (SUS). O Senhor RR procurou atendimento particular no dia seguinte por livre e espontânea vontade.


Afirmamos ainda que não existe cobrança alguma, na Santa Casa, por qualquer procedimento feito pelo SUS.


No que se refere ao tipo de encaminhamento citado pelo RR, afirmamos que não é procedimento do hospital encaminhar pacientes para fazer tratamentos em clínicas particulares. E será aberta uma sindicância pela diretoria da Santa Casa para averiguar o caso.


No momento da alta, o paciente estava consciente e orientado e recebeu orientações sobre cuidados médicos pós-alta do neurocirurgião que o liberou.


Informo ainda que o Neurocirurgião que realizou o atendimento ao paciente e liberou para alta, pede o direito de resposta e afirma que as denúncias são infundadas e não procedem.


Ressaltamos ainda que, o caso já foi encaminhado para Departamento Jurídico da Santa Casa para providências cabíveis ao caso e sobre a contradição do Site de Noticias Mídiamax ao publicar no título da matéria “Atendido pelo SUS, acidentado paga consulta e exames na Santa Casa”. Lembrando que na matéria, não foi citado em nenhum momento, pelo RR, que o mesmo efetuou algum pagamento na Santa Casa pelos procedimentos realizados. Ou seja: O título da matéria se contradiz ao conteúdo da mesma.


Assessoria de Imprensa da Santa Casa de Campo Grande"




Ana Maria Assis

Deixe seu Comentário

Leia Também

Lei: Semana de Conscientização sobre a Cardiopatia Congênita é instituída em MS
Semana começa com Funtrab oferecendo 4,4 mil vagas de emprego em todo o Mato Grosso do Sul
Em projeto para "60+" apoiado pelo Governo de MS,
Bombeiros combatem incêndios florestais perto da Estrada Parque e em Porto Murtinho