Rivemat
Divulgação Fácil
Menu
Busca quarta, 27 de outubro de 2021

Com 4 mil empresas que fazem destinação correta de resíduos, MS é referência em logística reversa de

Mato Grosso do Sul tem mais de quatro mil empresas do setor de embalagens que fazem a destinação correta de resíduos sólidos.

03 outubro 2021 - 08h37Por Portal do Governo de Mato Grosso do Sul

E o trabalho, considerado modelo no País, tende a crescer, já que o Estado condiciona a renovação ou o pedido de licenciamento ambiental à estratégia do reaproveitamento dos resíduos.

Na semana passada, a técnica adotada pelo Mato Grosso do Sul foi destaque no jornal Estadão, de São Paulo, que mostrou que, além de MS, somente dois outros estados condicionam o licenciamento à estratégia de logística reversa: São Paulo e Paraná - ambos para empresas dos setores alimentícios, de agrotóxicos e eletroeletrônicos. 

Aqui no Estado, o Sistema de Logística Reversa de Embalagens em Geral (Sisrev-MS) foi implantado em 2018, por meio de pacto firmado entre a Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar), o Imasul (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul), o TCE-MS (Tribunal de Contas de MS) e o Ministério Público  (MPMS).

Por meio do Sisrev-MS, cerca de 17 mil toneladas de embalagens em geral retornaram para o ciclo produtivo e não foram indevidamente depositadas em aterros sanitários, proporcionando uma economia de R$ 7 milhões aos municípios em ações de coleta seletiva.

Segundo o titular da Semagro, Jaime Verruck, o sistema “tem uma forte linha ambiental, mas também implanta uma economia circular, fazendo com que o responsável pela emissão de embalagens, no caso a indústria, recoloque-as no sistema econômico, de forma adequada, sem ser excludente, incluindo os catadores, promovendo ganhos econômicos e sociais”.

Logística Reversa

A logística reversa consiste no retorno do material reciclável ao ciclo produtivo, reduzindo dessa forma os resíduos destinados aos aterros sanitários. Trata-se de um dos instrumentos da Política Nacional de Resíduos Sólidos (Lei nº 12.305/2010), que, no Mato Grosso do Sul, começou a ser delineada pelo Plano Estadual de Resíduos Sólidos, em execução desde 2017.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Governo do Estado dá início a construção de quatro pontes em áreas estratégicas de MS
Governo garante R$ 3 milhões para o Centro de Reabilitação de Animais em Corumbá
Governo divulga edital de abertura do Concurso da Polícia Civil com 236 vagas
Mais de 88 mil estudantes serão beneficiados nesta primeira fase do MS Alfabetiza