Rivemat
Menu
Busca sábado, 15 de maio de 2021

Decreto normatiza e moderniza uniformes da Polícia Militar

Decreto publicado nesta terça-feira (4) no Diário Oficial e assinado pelo governador Reinaldo Azambuja e pelo secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, Antonio Carlos Videira, estabelece normas e diretrizes para a regulamentação dos uniformes.

04 maio 2021 - 11h17Por Portal do Governo de Mato Grosso do Sul

O objetivo é adaptar o fardamento da PM à realidade atual, uma vez que os uniformes da corporação foram regulamentados datam de junho de 1981, praticamente 40 anos atrás, quando ainda não existiam unidades como os Batalhões de Choque e de Operações Especiais (Bope), Grupamento Aéreo, Esquadrão de Policiamento Montado, entre outros, que possuem vestimenta diferenciada.

Conforme o coronel Luis Fernando Lopes de Carvalho, assistente do Subcomandante-Geral da PM, que integrou a equipe que elaborou as normas, outro motivo que justifica a revogação do antigo decreto que 40 anos atrás tornou público o manual que previa uniformes, acessórios e insígnias que compõem o fardamento da PM, é a evolução tecnológica da indústria de calçados, tecidos e confecções. “A evolução possibilita hoje padrões de resistência melhores, além de aparato térmico nos tecidos, que permitem maior conforto aos policiais”, explica.

Pelo decreto publicado nesta terça-feira, os fardamentos da PM são privativos e representam o símbolo da autoridade policial militar e visam a imediata identificação e distinção dos policiais militares, contribuir para a ostensividade do policiamento realizado pela Polícia Militar, bem como representar o símbolo da autoridade da qual estão investidos.

O parágrafo único do artigo 1º do Decreto n. º 15.660, diz que “o uso correto dos uniformes, insígnias, distintivos e dos emblemas garante a adequada apresentação individual e coletiva do efetivo da Polícia Militar, contribuindo para o fortalecimento da disciplina, do bom conceito e da segurança ostentada pela instituição perante a sociedade”.

A publicação traz ainda regras específicas, a proibição de uso de fardas da PM por civis e atribui ao Comandante-Geral e aos comandantes de unidades, a fiscalização de estabelecimentos de ensino, corporações, empresas ou organizações de qualquer natureza que usem uniformes de modo a não permitir que estes possam ser confundidos com os uniformes da Polícia Militar.

“O decreto que entrou em vigor hoje é a primeira fase, legislativa e jurídica, que institui o regulamento do uniforme e, nos próximos dias, será publicado pelo secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, o manual com descrição de cada um dos uniformes da PM”, garante o coronel Luis Fernando.

O decreto que estabelece normas e diretrizes para a regulamentação dos uniformes da Polícia Militar está publicado a partir da página 3 do DOE de hoje e pode ser acessado clicando aqui.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Consórcio Brasil Central autoriza assinatura de contrato para importação da vacina Sputnik V
Novo lote de Coronavac vai acelerar imunização com segunda dose
Levantamento da Agraer abriu caminho para entrega de 1,1 mil títulos em assentamentos no MS
Nova fábrica vai alavancar economia de Ribas do Rio Pardo, avaliam moradores e comerciantes