Rivemat
Divulgação Fácil
Menu
Busca segunda, 04 de julho de 2022

Governador lamenta morte da cantora Delinha, ícone da música sul-mato-grossense

Faleceu nesta quinta-feira (16), aos 85 anos, Delanira Pereira Gonçalves, a cantora Delinha, ícone da música regional sul-mato-grossense.

16 junho 2022 - 09h33Por Portal do Governo de Mato Grosso do Sul

O Governo de Mato Grosso do Sul lamenta com pesar seu falecimento e se solidariza com seus familiares.

Em Chapadão do Sul para entrega e lançamentos de obras, o governador Reinaldo Azambuja lamentou a morte da cantora Delinha, a “Dama do Rasqueado”, como era conhecida.

“Com muito pesar, lamentamos a perda da nossa Delinha, ícone da música sul-mato-grossense. O que fica é seu legado cultural marcado na história do Mato Grosso do Sul. Que sua família seja confortada pelo grande sucesso de suas músicas que embalaram nossa população por décadas”, afirmou.

O governador decretou luto oficial de três dias, que será publicado em edição extra do Diário Oficial do Estado (DOE-MS) nesta quinta-feira (16).

Trajetória

‘Dama do Rasqueado’, Delinha deixa importante legado na cultura do Estado, onde trilhou pelos palcos com sua voz inconfundível e a simplicidade que marcou toda a sua vida. Fez dupla com Délio – “o Casal de Onças de Mato Grosso” -, com quem se casou, por mais de 50 anos.

Delinha nasceu em Vista Alegre, distrito de Maracaju, em 1936, e dedicou-se à música desde criança por oito décadas, deixando uma das maiores discografias da história do Estado.

Deixe seu Comentário

Leia Também

No acumulado dos últimos 12 meses MS gerou mais de 40 mil novas vagas de emprego
Socorro do Governo de R$ 1,2 milhão para estudantes da Rede Estadual mantém tarifa de ônibus congela
Governo do Estado nomeia 201 aprovados no concurso público da Secretaria de Saúde
Estudo de viabilidade da ferrovia Malha Oeste avança e licitação pode sair no segundo semestre