Divulgação Fácil
Rivemat
Menu
Busca quinta, 20 de janeiro de 2022

Inscrições abertas para Residência Multiprofissional em Saúde da Família

A Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS) abriu inscrições para a seleção de candidatos a aluno regular para o Programa de Pós-Graduação lato sensu em Residência Multiprofissional em Saúde da Família, para ingresso no primeiro semestre do ano.

24 dezembro 2021 - 08h25Por Portal do Governo de Mato Grosso do Sul

O prazo vai de 15 de dezembro de 2021 até 13 de janeiro de 2022. Confira o edital AQUI .

Poderão inscrever-se candidatos graduados em Educação Física, Enfermagem, Farmácia, Fonoaudiologia e Odontologia. As inscrições deverão ser realizadas pela Internet, no Portal da Pós-Graduação da UEMS, por meio do endereço eletrônico https://posgraduacao.uems.br/uems-sigpos/portal. A taxa de inscrição é de R$ 200.

Serão ofertadas, no mínimo 8 (oito) e, no máximo11 (onze) vagas, que serão preenchidas por ordem de classificação final. A seleção dos candidatos será composta de duas etapas: a primeira será a avaliação do Histórico Escolar e do Currículo, e a segunda a Entrevista. As atividades da Pós-graduação terão início em março de 2022.

A Residência Multiprofissional em Saúde da Família tem como base orientadora os aspectos que perpassam o debate do Campo da Saúde Coletiva, os princípios e diretrizes do Sistema Único de Saúde (SUS) e da Atenção Primária à Saúde, a partir das necessidades e realidades locais e regionais.

O curso tem uma duração mínima de dois anos. A estrutura curricular é composta por carga horária obrigatória de 5.760 horas, sendo 4.608 horas em atividades práticas, mais 1.152 horas teóricas distribuídas em 23 disciplinas. A especialização conta com o apoio da Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) de Campo Grande, que é responsável pela oferta de espaços físicos para atividades práticas e disponibilização de preceptores. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

MS atinge 91% de vacinados acima de 18 anos e Riedel garante testes à população
Fortalecimento de políticas públicas provoca redução de 83,3% nos feminicídios cometidos na Capital
Saúde alerta para aumento na taxa de positividade e internações em Mato Grosso do Sul
Mais Social avança e programa ganha cinco carros novos na Capital