Menu
Busca domingo, 19 de maio de 2024

OAB/MS obtém liminar para interdição de “jaula” em delegacia de MS

25 julho 2014 - 16h39Por Mariana Rodrigues/Informações OAB-MS

 As “jaulas” que abrigavam presos na Delegacia de Polícia Civil em São Gabriel do Oeste, a 130 quilômetros de Campo Grande, foram interditadas após Ação Civil Pública interposta pela Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Mato Grosso do Sul (OAB/MS). Com parecer favorável do Ministério Público Federal, a liminar, proferida nessa quinta-feira (25), ordena a imediata remoção dos presos do local e a proibição de ingresso de novos detentos.

“Submeter presos a serem acomodados em 'jaulas' é uma violação brutal à dignidade humana”, diz o presidente da OAB/MS, Júlio Cesar Souza Rodrigues, alertando que situações semelhantes serão combatidas incansavelmente pela Ordem. “É dever do Estado oferecer condições minimamente aceitáveis para acomodação dos detentos, provisórios ou definitivos, e que respeitem à dignidade humana”, completa.

Conforme Júlio Cesar, a OAB/MS ingressou com a Ação Civil Pública (0000453-06.2014.403-6007) que cita a violação da integridade física e moral dos presos e a falta de cumprimento da Lei de Execuções Penais. A Comissão de Direitos Humanos da instituição está acompanhando o caso e fará um levantamento de situações similares em todo o Estado. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Summit Brazil-USA: Mato Grosso do Sul destaca política agroambiental e programa Carbono Neutro
Governo de MS envia insumos e equipe especializada para auxiliar no resgate de animais no RS
Operação Cosud: 333 pessoas presas e 3 toneladas de drogas apreendidas em MS
Avistar Brasil: MS participa do maior evento de observação de aves da América Latina