Rivemat
Menu
Busca sexta, 19 de agosto de 2022

PREFEITA ADRIANE LOPES GARANTE AMPLIAÇÃO DE INVESTIMENTOS NO TRÂNSITO

A prefeita de Campo Grande Adriane Lopes acompanhou nesta manhã (26) os serviços do Centro de Controle Integrado de Mobilidade Urbana (CCI).

26 julho 2022 - 08h32Por PMCG

Inaugurado há quatro meses, a central já monitora a operacionalização do transporte coletivo, o funcionamento dos semáforos, os equipamentos de fiscalização como lombadas e radares, além do sistema de câmeras que monitoram as principais vias da Capital.

Durante a visita, a chefe do Executivo Municipal anunciou que os futuros corredores terão monitoramento em tempo real. “Nosso grande desafio é preparar Campo Grande para o futuro e o Centro é parte deste processo. Já existe recurso para instalação de câmeras para o corredor da Rui Barbosa e o objetivo é estender para os próximos”.

Já está funcionando as câmeras de monitoramento com ajuste em tempo real na Avenida Eduardo Elias Zahran. A próxima instalação será no corredor da Rua Rui Barbosa. Além disso, estão previstos monitoramento nos corredores da Cônsul Assaf Trad, Coronel Antonino, Gury Marques, Costa e Silva, 25 de Dezembro e Alegrete. Os corredores de ônibus da Guia Lopes, Brilhante, Marechal Deodoro, Bandeirantes e da Bahia, também utilizam semáforos com monitoramento.

O benefício do monitoramento por câmeras é dar fluidez ao transporte coletivo e a todo o trânsito, já que a Agetran poderá ajustar conforme a realidade do fluxo do dia.

Centro de Controle

O centro de controle analisa 210 pontos onde os semáforos são monitorados em tempo real, além da fiscalização de 17 câmeras de monitoramento de 360 graus que foram instaladas nas vias de maior movimento de Campo Grande. No transporte coletivo, a Agetran realiza o monitoramento desde as 5 da manhã, no horário de circulação dos ônibus até a meia-noite.  A fiscalização abrange os horários das 134 linhas, onde atualmente circulam os 590 ônibus.

Por meio do Centro de Controle é possível realizar a manutenção instantânea da malha semafórica do trânsito, conforme explicou o direto-presidente da Agetran.  “É um Centro Integrado onde enxergamos em tempo real tudo que está acontecendo no trânsito. Além da manutenção do semáforo, podemos verificar o andamento dos ônibus do transporte coletivo, a que velocidade vai, o itinerário, se chegou atrasado, se houve desvio na rota. Tudo fica registrado. Isso permite uma fiscalização correta e justa”, explica.

Investimentos em tecnologia

Para transformar Campo Grande em Capital das oportunidades, a Prefeitura investe em tecnologia e inovação para implantação do Parque Tecnológico. “Toda tecnologia implantada no Centro faz parte de um planejamento que busca atrair mais desenvolvimento econômico para Campo Grande e neste contexto estamos trabalhando a estrutura do Parque Tecnológico e nos inserindo nas Rotas de Integração Latino Americana”.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Matéria garante condição de pensionistas a maiores de 21 anos que estudem
Pautados quatro projetos para a sessão plenária desta quinta-feira
PREFEITURA INICIA REASSENTAMENTO DE FAMÍLIAS QUE MORAM ÀS MARGENS DO RIO ANHANDUÍ
FUMACÊ PERCORRE TRÊS BAIRROS NESTA SEGUNDA-FEIRA