Rivemat
Menu
Busca sexta, 19 de agosto de 2022

Socorro do Governo de R$ 1,2 milhão para estudantes da Rede Estadual mantém tarifa de ônibus congela

Com apoio e ajuda do Governo do Estado, a tarifa do transporte público de Campo Grande vai ficar congelada no valor de R$ 4,40 até o final do ano.

29 junho 2022 - 12h03Por Portal do Governo de Mato Grosso do Sul

Para isto o governador Reinaldo Azambuja irá arcar com os custos do passe dos estudantes da Rede Estadual de Ensino, fazendo um repasse mensal estimado em R$ 1,2 milhão até dezembro, por meio de um convênio com a prefeitura municipal.

 

Secretário de Governo e Gestão Estratégica, Eduardo Rocha

O governador fez o compromisso do repasse ontem (28), durante reunião com a prefeita da Capital, Adriane Lopes, com a condição da tarifa ficar congelada até dezembro. Esta questão foi aceita pelo Consórcio Guaicurus em agenda que ocorreu nesta quarta-feira (29), na sede da prefeitura.

Representando o Governo do Estado, participaram desta reunião o secretário de Governo e Gestão Estratégica, Eduardo Rocha, e o diretor-presidente da AGEMS (Agência de Regulação de Mato Grosso do Sul), Carlos Alberto Assis. “Temos que enaltecer a sensibilidade do governador em contribuir para o congelamento da tarifa, que terá aumento zero aos usuários até dezembro”, destacou Eduardo Rocha.

O secretário ressaltou que este apoio mostra o compromisso do Estado com a população de Campo Grande. “A prefeita procurou nossa ajuda e o Governo novamente contribuiu, em uma parceria que não era nossa obrigação, mas de forma voluntária fará esta transferência mensal”, acrescentou.

 

Governador e prefeita Adriane Lopes, durante reunião na última terça-feira

A prefeita Adriane Lopes agradeceu o apoio do Governo e destacou que esta construção coletiva permitiu o acordo com o Consórcio Guaicurus. “Nós entramos com a alíquota zero de ISS, custos dos estudantes da rede municipal e pessoas com deficiência e o governo vai nos ajudar arcando com os alunos da rede estadual, assim não terá reajuste (tarifa) até dezembro”.

O advogado do Consórcio Guaicurus, André Borges, também elogiou a contribuição do Governo do Estado. “Quero agradecer pelo firme empenho do governador, assim como a dedicação da prefeita e vereadores para chegarmos a este acordo. Assim não haverá aumento da tarifa até dezembro. Depois voltamos a conversar para buscarmos uma solução definitiva. Com este aporte de recursos conseguimos arcar com o custeio, mas não haverá novos investimentos na frota”, explicou.

Com o acordo firmado, o próximo passo é a elaboração e assinatura do convênio entre Governo e prefeitura, onde o Estado vai repassar ao município o valor mensal em relação aos custos com os estudantes da Rede Estadual, que serão enviados ao Consórcio Guaicurus.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Matéria garante condição de pensionistas a maiores de 21 anos que estudem
Pautados quatro projetos para a sessão plenária desta quinta-feira
PREFEITURA INICIA REASSENTAMENTO DE FAMÍLIAS QUE MORAM ÀS MARGENS DO RIO ANHANDUÍ
FUMACÊ PERCORRE TRÊS BAIRROS NESTA SEGUNDA-FEIRA