Divulgação Fácil
Rivemat
Menu
Busca segunda, 27 de setembro de 2021

Terceira dose de reforço já chegou a mais de 15 mil idosos em MS

A terceira dose contra Covid-19 já chegou a 15.323 idosos a partir de 60 anos em Mato Grosso do Sul, o que representa 4,5% do público.

08 setembro 2021 - 08h23Por Portal do Governo de Mato Grosso do Sul

A expectativa é vacinar 337.848 pessoas desta faixa etária. O objetivo é reforçar a imunização deste público, principalmente para conter as variantes do vírus, como a Delta.

No começo de agosto a Secretaria Estadual de Saúde (SES) apresentou um levantamento em que indicava a necessidade de uma terceira dose de vacina aos idosos, em que a idade é fator de risco para a doença e o sistema imunológico responde menos à produção de anticorpos.

O estudo revelou que de fevereiro a maio deste ano este grupo adquiriu imunidade contra a Covid-19, no entanto, depois deste período houve aumento de casos e mortes nesta faixa etária em função da doença. Estes dados foram repassados ao Ministério da Saúde, que depois autorizou a aplicação da dose de reforço.

Com o aval, Mato Grosso do Sul iniciou a aplicação da terceira dose em 27 de agosto nos idosos residentes em instituições de longa permanência e naqueles com 80 anos ou mais. Com a chegada de novos imunizantes os municípios começaram a adequar o calendário de vacinação com a inclusão novamente desta faixa etária.

“Estamos na vanguarda no país, pois graças a eficiência de nossas equipes, concluímos os esquemas vacinais de mais de 90% de vacinados com pelo menos uma dose aplicada. Por isso, iniciamos a vacinação da dose de reforço nos idosos por estamos avançados na imunização”, explicou o secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende.

De acordo com o “Vacinômetro”, o Estado já aplicou ao menos a primeira dose em 74% da população. Se levar em conta apenas o público adulto este percentual sobe para 93%, sendo 63% com a imunização completa (dose única ou 2° dose). Ao todo já são 3,1 milhões de doses aplicadas no Mato Grosso do Sul.

O Estado segue em destaque na imunização nacional, estando nas primeiras colocações no ranking entre os estados na aplicação da primeira e segunda dose. A logística eficiente também é referência, com a distribuição dos imunizantes aos 79 municípios em menos de 12 horas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Pantaneiros destacam efetividade do Estado no combate aos incêndios florestais
Fundação do Trabalho oferta 1.953 vagas de emprego em Mato Grosso do Sul
Operação Fronteiras e Divisas I: MS do Sul é responsável por mais de 50% das drogas apreendidas
Novas leis estaduais promovem educação e bem estar econômico-social em MS