Menu
Busca segunda, 15 de julho de 2024

BP conclui compra de 83% de sucroalcooleira por US$ 680 mi

28 abril 2011 - 19h32

A petrolífera BP concluiu a aquisição do controle majoritário da produtora brasileira de etanol e açúcar CNAA (Companhia Nacional de Açúcar e Álcool), por US$ 680 milhões, informou a companhia nesta quinta-feira.



O valor do negócio, o mesmo anunciado quando o acordo foi fechado, em março, permitirá que a empresa adquira 83% cento das ações e refinancie 100% das dívidas de longo prazo da CNAA.



Com o negócio, BP adquire duas usinas de etanol, localizadas em Ituiutaba (Minas Gerais) e Itumbiara (Goiás), com capacidade atual de processamento de 5 milhões de toneladas de cana por ano.



"A conclusão deste acordo é mais um passo no fortalecimento da atuação da BP no setor sucroenergético brasileiro, uma vez que a CNAA apresenta ativos de qualidade, localizados estrategicamente e com boas práticas de gestão", afirmou em comunicado Mario Lindenhayn, presidente da BP Biocombustíveis Brasil, que acumula a partir desta quinta-feira a presidência da CNAA.



A BP também adquiriu uma terceira unidade em desenvolvimento, também situada na região centro-sul do Brasil, nos Estados de Goiás e Minas Gerais.



A produção de etanol das três usinas poderá suprir tanto o mercado brasileiro quanto o internacional.
A capacidade combinada de moagem das três usinas, quando em plena operação, está estimada em 15 milhões de toneladas de cana-de-açúcar por ano.



A capacidade de produção anual de cada usina será de cerca de 480 milhões de litros de etanol equivalentes.
Cada usina ainda poderá comercializar por ano cerca de 340 GWh de energia elétrica para o SIN (Sistema Interligado Nacional).



A BP, uma das maiores companhias de energia do mundo, entrou no setor no Brasil em 2008, quando comprou 50% da Tropical Bioenergia, em Goiás.


 


Helton Verão/Folha Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

Temperaturas permanecem amenas e quinta-feira tem probabilidade de chuva fraca a moderada
Julho das Pretas: governos de MS e Federal debatem ações afirmativas e promoção da igualdade racial
Saúde realiza monitoramento das estratégias de vacinação para pólio e sarampo em MS
Investimento na agricultura familiar sobe 130% em edital de extensão da Fundect