Menu
Busca domingo, 14 de julho de 2024

Franquia do Sobá é lançada hoje

28 abril 2011 - 14h33


Apesar do sobá ser uma comida típica dos japones de Okinawa, o prato conquistou a cultura sul-mato-grosse. O  macarrão japonês acompanha os seguintes ingredientes: carne de porco, ou por outras carnes, molho shoyu, saquê-mirin, óleo vegetal, cenoura, dashi, togarashi, gengibre, sal, cebolinha e cheiro verde. O prato é quase uma sopa e é servido em cumbucas de louça, acompanhado de ovo frito mexido e cortado em fatias. A iguaria agrada não só o paladar dos descentes orientais, mas já tornou-se tradição na Feira Central de Campo Grande. Com isso, um dos pratos típicos da capital agora vai se tornar franquia. Cinco proprietários de restaurantes da Feira Central de Campo Grande já constituíram empresa para lançar a franquia “Sobá de Campo Grande”. O lançamento será feito pelo prefeito Nelson Trad Filho, nesta quinta-feira (28)  às 19h30, na Casa Engenheiro Carlos Miguel Mônaco, que fica na Avenida Calógeras, 3000 – Casa da Esplanada. O objetivo do projeto é valorizar do prato típico da comunidade japonesa de Campo Grande, por meio da iniciativa da prefeitura em desenvolver a cadeia produtiva do alimento, gerando novos negócios, emprego e renda. O município é o responsável por organizar o processo e subsidiar os empresários para difundir a cultura regional.O trabalho começa pela organização de todas as etapas de fabricação do produto, que tem como partida a experiência de quem há gerações vende o sobá em feiras da cidade, e vai terminar com definição das regras para negociação da marca Brasil a fora.
A franquia é elaborada também em parceria com o Sebrae, a Associação Brasileira de Franchising e a Incubadora Municipal de Alimentos Norman Edward Hanson e os empresários da comunidade japonesa.

A idéia reuniu tantas partes porque pode agregar valor ao alimento e “expandir o método de produção e comercialização nos mesmos moldes do que é elaborado pelos comerciantes japoneses”, explica a coordenadora Edna Antonelli.
O nome da franquia foi escolhido para dar à marca o aspecto regional, ao acrescentar o nome de Campo Grande.
Na quinta-feira, a prefeitura também entregará à comunidade japonesa de Campo Grande um documento em homenagem ao Sobá, que conta a história do prato típico, que neste ano virou patrimônio cultural do município.

O Sobá de Campo Grande

Campo Grande foi a primeira cidade a dispor de restaurantes que servem sobás, para onde foi levado pelos imigrantes originários da ilha japonesa de Okinawa, que chegaram à cidade em 1908 e são os restaurantes dos mais tradicionais da cidade. Atualmente está presente em outras cidades, mas é em Campo Grande onde mais se encontram esses restaurantes. Em Campo Grande, o sobá de Okinawa passou a ser oferecido também na Feira Central — primeiro, reservadamente aos okinawanos e seus descendentes, depois, a todos que se interessassem — e acabou se tornando uma iguaria típica e tradicional da cidade, perdendo a ligação com a passagem do ano, pois é saboreada em qualquer época do ano. Na Feira Central da cidade, onde o Sobá é fortemente difundido entre os visitantes e consumidores que freqüentam o local, há 28 restaurantes de que fornecem o prato típico. De acordo com a Secretaria Municipal da Receita, o alimento é comercializado em mais de 80 restaurantes e em praticamente todas as 55 feiras públicas de Campo Grande.


Ida Garcia 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Temperaturas permanecem amenas e quinta-feira tem probabilidade de chuva fraca a moderada
Julho das Pretas: governos de MS e Federal debatem ações afirmativas e promoção da igualdade racial
Saúde realiza monitoramento das estratégias de vacinação para pólio e sarampo em MS
Investimento na agricultura familiar sobe 130% em edital de extensão da Fundect