Menu
Busca domingo, 14 de julho de 2024

Juíza lamenta redução da atividade da PF na fronteira em razão da falta de recursos

28 abril 2011 - 12h07

 


Em reunião na Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH), que debate a ameaça a juízes federais por parte de organizações criminosas, a primeira participante, a juíza Liza Taubemblatt, da cidade de Ponta Porã (MS), que faz fronteira com o Paraguai, pediu aos senadores que "olhem para região". Segundo a juíza, o poder das organizações criminosas está maior a cada dia. Ela lamentou a redução da atividade da Polícia Federal na fiscalização das fronteiras , em razão da falta de recursos. A juíza apontou a necessidade de um trabalho de inteligência sério e aprofundado para desbaratar as quadrilhas. 
No município há cinco anos, depois que 14 colegas se recusaram a assumir cargo na localidade, a juíza disse ter ficado "absolutamente sem ação"quando foi informada de que estava sofrendo ameaça. Ela afirma haver na localidade problemas de tráfico internacional de entorpecentes e armas, " pistolagem" e assassinatos.


 


Ida Garcia/Agência Senado

Deixe seu Comentário

Leia Também

Temperaturas permanecem amenas e quinta-feira tem probabilidade de chuva fraca a moderada
Julho das Pretas: governos de MS e Federal debatem ações afirmativas e promoção da igualdade racial
Saúde realiza monitoramento das estratégias de vacinação para pólio e sarampo em MS
Investimento na agricultura familiar sobe 130% em edital de extensão da Fundect